TURMAS: 7º A 7º B 7º C10º A 11º B 12º B



FÉRIAS
Divirtam-se, apanhem sol e respirem em Liberdade.

rios principais e bacias hidrográficas de Portugal continental

7º ANO 10º ANO



Bacia hidrográfica: Superfície de escoamento de um rio central e seus afluentes.

Portugal Agenda 2030: Financiamento para Portugal 2021-2027

11º ANO



A cada sete anos, a União Europeia aprova o seu orçamento de longo prazo, o chamado «Quadro Financeiro Plurianual» (QFP).

O atual QFP irá abranger o período compreendido entre 2021 e 2027, no valor estimado de 1.074,3 mil milhões de euros, permitindo à UE cumprir os seus objetivos de longo prazo. Abrange os seguintes domínios de despesas:
  • Mercado Único, Inovação e Digital | 132,8 mil milhões de euros;
  • Coesão, Resiliência e Valores | 377,8 mil milhões de euros;
  • Recursos Naturais e Ambiente | 356,4 mil milhões de euros;
  • Migração e Gestão das Fronteiras | 22,7 mil milhões de euros;
  • Segurança e Defesa | 13,2 mil milhões de euros;
  • Vizinhança e o Mundo | 98,4 mil milhões de euros;
  • Administração Pública Europeia | 73,1 mil milhões de euros.

Nota: Para termos uma ideia da magnitude da força estatizante e imperial da União Europeia, comparemos 1,074 biliões de euros com a «intervenção» governamental USA para restabelecer a economia pós-Covid: 6 biliões (6 triliões na sintaxe americanizada). Digamos que a intervenção estatal americana na recuperação do Crash bolsista de 1929 foi uns meros 0,6 biliões de dólares (conversão atualizada para 2020).

Nota: No nosso Sistema Internacional o Billion americano traduz-se por «1000 Milhões». O nosso Bilião será o famoso «Trillion».

usar máscaras na praia é para aquelas que têm passadeiras, paredões ou marginais



Consultar a Lei em https://data.dre.pt/eli/dec-lei/35-A/2021/05/18/p/dre

A maioria dos alunos e, imagino, pais acredita ser obrigatório andar na praia com máscara. Mas só nas praias com «passadeiras, «paredões» ou «marginal» é obrigatório usar máscara. Nos restantes casos, bastará estar afastado 1,5 metros de estranhos ao agregado familiar.

Nota: Volto a repetir o informado pelos especialistas da nossa DGS: usar apenas uma única máscara é inútil.

o uso obrigatório da máscara na rua afinal não é obrigatório

Consultar a Lei em https://data.dre.pt/eli/lei/13-A/ 2021/04/05/p/dre

Foi um ano de histeria coletiva. Como se sabe e sempre foi dito pela DGS, usar uma única máscara é inútil. Como se sabe, só se usará máscara (dupla ou uma FFP2) caso não haja distância social (um metro e meio).  Mascarado sozinho na rua ou a conduzir é apenas absurdo.

Ninguém cumpriu e cá estamos.

hipsometria e as principais montanhas de Portugal

7º ANO




As principais cadeias montanhosas de Portugal continental e ilhas

21 Sistemas Montanhoso em Portugal Continental
27 Sistemas Montanhoso na Região Autónoma dos Açores
18 Sistemas Montanhoso na Região Autónoma da Madeira

Nota:
Hipsometria é uma técnica de "representação de um terreno" (topografia) através de cores. As cores utilizadas possuem uma equivalência com a cota do terreno (altitude).
Em Geografia aos valores elevados correspondem cores escuras e aos valores reduzidos cores claras.


As principais características das cadeias montanhosas de Portugal continental e ilhas

Em Portugal continental, distinguem-se dois tipos de relevo sensivelmente divididos pelo rio Tejo.
A Norte, predominam as paisagens montanhosas com altitudes médias mais elevadas enquanto, a Sul, marcam presença vastas planícies, sendo os sistemas montanhosos menos frequentes.
A Sul do Continente, destaca-se apenas o sistema montanhoso de São Mamede, no Alentejo, com uma altitude máxima que supera ligeiramente os mil metros.

Os sistemas montanhosos portugueses de maior altitude tendem a concentrar-se nas regiões Norte e Centro do Continente, mas também nas regiões autónomas.
Com altitudes máximas superiores a 1 500 m, evidenciam-se, no Continente, os sistemas montanhosos da Estrela (que alcança perto de dois mil metros de altitude), do Gerês e do Larouco.

Na Região Autónoma dos Açores, na ilha do Pico, o território nacional apresenta a sua altitude máxima com 2 351 metros e, na Região Autónoma da Madeira, identificam-se seis picos com altitudes máximas superiores a 1 500 m. 


O que é o capitalismo? Singapura























SINGAPURA

O que é o capitalismo? Resposta: Singapura.
Uma história incrível, um dos lugares mais interessantes do mundo, cheio de contradições.

Foi arrasada na segunda guerra mundial e assediada nos anos 50 por guerrilha maoista pró chinesa. À data da sua independência era uma dos países mais miseráveis do mundo.

Cidade-Estado localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, a 137 km a Norte do equador. Com o PIB por habitante de 61046 dólares (USA) em 2012.

É um país insular constituído por 63 ilhas, separado da Malásia pelo Estreito de Johor, ao norte, e das Ilhas Riau (Indonésia) pelo Estreito de Singapura, ao sul. Singapura é altamente urbanizada, mas quase metade do seu território é coberto por vegetação. No entanto, mais terras estão sendo criadas para o desenvolvimento por meio de aterramento marítimo.

Tornou-se auto-governada internamente em 1959. O território uniu-se a outros ex-territórios britânicos para formar a Malásia em 1963 e tornou-se um Estado totalmente independente dois anos mais tarde após a separação da Malásia. Desde então, teve um aumento maciço em termos de riqueza e é um dos quatro Tigres Asiáticos. A economia depende fortemente da indústria e dos serviços. O país é um líder mundial em diversas áreas: é o quarto principal centro financeiro do mundo, o segundo maior mercado de jogos de casino e o terceiro maior centro de refinação de petróleo do mundo. O porto da cidade é um dos cinco portos mais movimentados do mundo. O país é o lar do maior número de famílias milionárias em dólares per capita do planeta. O Banco Mundial considera a cidade como o melhor lugar no mundo para se fazer negócios. O país tem o terceiro maior PIB per capita por paridade do poder de compra do mundo, tornando Singapura um dos países mais ricos do planeta.

Singapura é uma democracia parlamentar com um sistema Westminster de governo parlamentarista unicameral representando diferentes circunscrições.

O sistema legal e político de Singapura tem suas bases no sistema da common law inglesa, mas modificações foram feitas a ela ao longo dos anos, como a remoção de julgamento por júri. A imagem popular do PAP é a de um governo forte, experiente e altamente qualificado, apoiado por um serviço especializado civil e um sistema de educação com ênfase na realização e na meritocracia.



a idiotia dos outros não termina onde começa a nossa dignidade

A liberdade de cada um termina onde começa a liberdade do outro 
 Herbert Spencer

Trabalho de Pesquisa: “A Globalização e a liberdade económica”

12º ANO







RELATÓRIOS PESQUISA [RP] ELABORADOS:  

RP Nº1- EP O1: O Poder do mercado (1991). [Entregar até 13-MAR]:
1.Texto (seleção) dos argumentos (e dos factos que os sustentam) expostos no episódio visionado.
2. Pesquisa de dados estatísticos:
2.1 - Quais os países ou regiões geográficas apresentados no episódio? (elabora uma listagem cronológica).
2.2 – Considera a resposta anterior e refere qual o valor do atual Índice de Desenvolvimento Humano, Índice de Liberdade Económica, Índice de Democracia de cada país referido. (elabora uma tabela).
2.3 – Pesquisa e transcreve no CIA World Factbook a nota “Introdução” para cada um dos países atrás referidos. Pesquisa baseada na leitura do livro “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN, 1980) e na série documental “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN,1991) in https://youtube.com/playlist?list=PL2uLcLTrpKfJhy-KeyrFBQ7x_KpxjxVDB

Os dados estatísticos serão obtidos em: 
1) Desenvolvimento Humano: "Relatório do Desenvolvimento Humano" http://www.hdr.undp.org/en/data 
2) Democracia e Liberdade: "Economist Intelligence Unit Democracy Index" https://infographics.economist.com/2021/democracy-index-2020 
3) Economia e Liberdade: - Índice de Liberdade Económica" https://www.heritage.org/index/heatmap 
4) Atlas Geográfico: CIA World Factbook https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries


RP Nº2- EP O2: A Tirania do controle (1991). [Entregar até 20-MAR]:
1.Texto (seleção) dos argumentos (e dos factos que os sustentam) expostos no episódio visionado.
2. Pesquisa de dados estatísticos:
2.1 - Quais os países ou regiões geográficas apresentados no episódio? (elabora uma listagem cronológica).
2.2 – Considera a resposta anterior e refere qual o valor do atual Índice de Desenvolvimento Humano, Índice de Liberdade Económica, Índice de Democracia de cada país referido? (elabora uma tabela).
2.3 – Pesquisa e transcreve no CIA World Factbook a nota “Introdução” para cada um dos países atrás referidos. Pesquisa baseada na leitura do livro “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN, 1980) e na série documental “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN,1991) in https://youtube.com/playlist?list=PL2uLcLTrpKfJhy-KeyrFBQ7x_KpxjxVDB

Os dados estatísticos serão obtidos em: 
1) Desenvolvimento Humano: "Relatório do Desenvolvimento Humano" http://www.hdr.undp.org/en/data 
2) Democracia e Liberdade: "Economist Intelligence Unit Democracy Index" https://infographics.economist.com/2021/democracy-index-2020 
3) Economia e Liberdade: - Índice de Liberdade Económica" https://www.heritage.org/index/heatmap 
4) Atlas Geográfico: CIA World Factbook https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries


RP Nº3- EP O3: Liberdade e Prosperidade (1991). [Entregar até 27-MAR]:
1.Texto (seleção) dos argumentos (e dos factos que os sustentam) expostos no episódio visionado.
2. Pesquisa de dados estatísticos:
2.1 - Quais os países ou regiões geográficas apresentados no episódio? (elabora uma listagem cronológica).
2.2 – Considera a resposta anterior e refere qual o valor do atual Índice de Desenvolvimento Humano, Índice de Liberdade Económica, Índice de Democracia de cada país referido? (elabora uma tabela).
2.3 – Pesquisa e transcreve no CIA World Factbook a nota “Introdução” para cada um dos países atrás referidos. Pesquisa baseada na leitura do livro “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN, 1980) e na série documental “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN,1991) in https://youtube.com/playlist?list=PL2uLcLTrpKfJhy-KeyrFBQ7x_KpxjxVDB

Os dados estatísticos serão obtidos em: 
1) Desenvolvimento Humano: "Relatório do Desenvolvimento Humano" http://www.hdr.undp.org/en/data 
2) Democracia e Liberdade: "Economist Intelligence Unit Democracy Index" https://infographics.economist.com/2021/democracy-index-2020 
3) Economia e Liberdade: - Índice de Liberdade Económica" https://www.heritage.org/index/heatmap 
4) Atlas Geográfico: CIA World Factbook https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries


RP Nº4- EP O4: O Fracasso do socialismo (1991). [Entregar até 03-ABRIL]:
1.Texto (seleção) dos argumentos (e dos factos que os sustentam) expostos no episódio visionado.
2. Pesquisa de dados estatísticos:
2.1 - Quais os países ou regiões geográficas apresentados no episódio? (elabora uma listagem cronológica).
2.2 – Considera a resposta anterior e refere qual o valor do atual Índice de Desenvolvimento Humano, Índice de Liberdade Económica, Índice de Democracia de cada país referido? (elabora uma tabela).
2.3 – Pesquisa e transcreve no CIA World Factbook a nota “Introdução” para cada um dos países atrás referidos. Pesquisa baseada na leitura do livro “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN, 1980) e na série documental “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN,1991) in https://youtube.com/playlist?list=PL2uLcLTrpKfJhy-KeyrFBQ7x_KpxjxVDB

Os dados estatísticos serão obtidos em: 
1) Desenvolvimento Humano: "Relatório do Desenvolvimento Humano" http://www.hdr.undp.org/en/data 
2) Democracia e Liberdade: "Economist Intelligence Unit Democracy Index" https://infographics.economist.com/2021/democracy-index-2020 
3) Economia e Liberdade: - Índice de Liberdade Económica" https://www.heritage.org/index/heatmap 
4) Atlas Geográfico: CIA World Factbook https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries



RP Nº5- EP O5: Criados iguais (1991). [Entregar até 10-ABRIL]:
1.Texto (seleção) dos argumentos (e dos factos que os sustentam) expostos no episódio visionado.
2. Pesquisa de dados estatísticos:
2.1 - Quais os países ou regiões geográficas apresentados no episódio? (elabora uma listagem cronológica).
2.2 – Considera a resposta anterior e refere qual o valor do atual Índice de Desenvolvimento Humano, Índice de Liberdade Económica, Índice de Democracia de cada país referido? (elabora uma tabela).
2.3 – Pesquisa e transcreve no CIA World Factbook a nota “Introdução” para cada um dos países atrás referidos. Pesquisa baseada na leitura do livro “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN, 1980) e na série documental “Liberdade Para Escolher” (FRIEDMAN,1991) in https://youtube.com/playlist?list=PL2uLcLTrpKfJhy-KeyrFBQ7x_KpxjxVDB

Os dados estatísticos serão obtidos em: 
1) Desenvolvimento Humano: "Relatório do Desenvolvimento Humano" http://www.hdr.undp.org/en/data 
2) Democracia e Liberdade: "Economist Intelligence Unit Democracy Index" https://infographics.economist.com/2021/democracy-index-2020 
3) Economia e Liberdade: - Índice de Liberdade Económica" https://www.heritage.org/index/heatmap 
4) Atlas Geográfico: CIA World Factbook https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries

TDP (Trabalho de Pesquisa): “A Globalização e a liberdade económica”.

Horizonte 2026: a nossa "Estratégia para o Aumento da Competitividade da Rede de Portos Comerciais do Continente"

11º ANO



O CONTEXTO MUNDIAL 
Em virtude desta dinâmica da economia global, ao longo dos últimos 20 anos não só se registou um crescimento do número de navios como também se assistiu ao incremento da sua capacidade, sobretudo nos navios porta-contentores, fruto da necessidade de deslocar maiores volumes de carga. 
Por outro lado, a procura contínua de ganhos de eficiência na cadeia de transporte conduziu ao aumento da dimensão dos navios (efeito de escala) e à modernização dos processos de movimentação de carga ao nível dos terminais de contentores. 


O CONTEXTO NACIONAL 
 Com efeito, os portos comerciais do continente atingiram em 2016 um volume recorde de movimentação de mercadorias de 93,9 milhões de toneladas, ultrapassando em 5,1 % o valor de 2015, tendo registado um total de 10.812 escalas de navios das diversas tipologias com uma capacidade 4,7 % superior a 2015, traduzida num volume global de 200,4 milhões de arqueação bruta (GT). 


A REDE DE TRANSPORTES E A GEOPOLÍTICA PORTUGUESA 
 A afirmação do sistema portuário como um hub fundamental para a internacionalização da economia portuguesa, assente em três pilares fundamentais:

1) Afirmação de Portugal enquanto plataforma logística global geradora de valor, com os atributos que hoje lhe são exigidos em termos de dimensão física (cais, fundos, áreas adjacentes disponíveis, acessibilidades marítimas e terrestres) e de dimensão tecnológica e digital (pela simplificação de procedimentos e utilização de novas tecnologias), garantindo as boas práticas de sustentabilidade social, ambiental e económico-financeira;

2) Criação de um hub portuário acelerador de negócios com capacidade para atrair o investimento e apoiar a internacionalização da economia portuguesa;

3) Afirmação de Portugal enquanto hub de gás natural liquefeito (GNL) do Atlântico, com uma aposta clara na inovação nas atividades de green shipping.


Referenciado e adaptado da fonte: 
Resolução do Conselho de Ministros 175/2017, 2017-11-24. (2021). Retrieved 26 April 2021, from https://data.dre.pt/eli/resolconsmin/175/2017
/11/
24/p/dre/pt/html

trabalho de pesquisa com o google earth online no 11B

11º ANO




Fontes de referência: 

Observatório do Ecossistema da Mobilidade e dos Transportes. (2018). Ecossistema Ferroviário Português – 2012-2016. AMT – Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

WIKIPEDIA (2021). Transporte multimodal. Consultado em https://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_multimodal Dados

Dados rede rodoviária: 

Dados rede ferroviária: 

Dados rede portuária: 

Dados rede aeroportuária: 

a rede ferroviária de Portugal em 2018

11º ANO



 



Observatório do Ecossistema da Mobilidade e dos Transportes. (2018). Ecossistema Ferroviário Português – 2012-2016. Publicado pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) 

Caracterização geral:

A rede ferroviária portuguesa em exploração tem uma extensão total de 2.546Km. 
Considerando a área e a população residente de Portugal Continental, a rede apresenta uma densidade de 0,029Km/Km2 e 0,25Km/1000Hab. 

Por outro lado, existe aproximadamente 7Km de estradas da Rede Rodoviária Nacional15 por cada quilómetro de via férrea. 

Em termos de tipologia, a rede é maioritariamente em via única (76,1%). 

No que respeita a via dupla (22,0%), a rede compreende, genericamente, as linhas do Norte, de Braga e de Cascais, bem como alguns troços das linhas de Sintra, de Cintura, do Minho, do Alentejo e do Sul. 

Quanto à via múltipla (geralmente quádrupla) (1,9%), existe em troços das linhas do Norte (Braço de Prata – Azambuja16), de Sintra (Sete Rios – Cacém), de Cintura (Sete Rios – Roma-Areeiro) e do Minho (Campanhã – Contumil). 

No que respeita à bitola da via, a rede envolve na sua quase totalidade (95,6%) via larga (i.e., bitola ibérica, de 1668mm), resumindo-se a via estreita (i.e., bitola métrica, de 1000mm) (4,4%) à Linha do Vouga e ao troço remanescente da Linha do Tua, explorado pelo Metro Ligeiro de Mirandela e, entretanto, desclassificada da Rede Ferroviária Nacional. 

No que concerne a eletrificação, 64,9% da rede é eletrificada. Da rede não eletrificada (35,1%) – que compreende exclusivamente troços em via única – destacam-se a totalidade da Linha do Leste e troços significativos das linhas do Minho, do Douro, do Oeste e do Algarve. 



QUESTIONAR O ACTUAL CONFINAMENTO  

Intervenção de Raquel Varela no programa "O Último Apaga a Luz" (RTP 12/03/2021). Os mais reputados cientistas no campo da epidemologia têm tomado posição contra o «confinamento». Destaque para os estudos comparativos entre regiões e países não confinados e confinados: não há diferenças.


Trabalho de Pesquisa sobre Alfredo da Silva, a industrialização e crescimento populacional de Portugal nos últimos 150 anos

10º ANO 11º ANO 12º ANO




 
EXEMPLO DE UM TRABALHO DE PESQUISA DE EXCELÊNCIA   

Gosto de trabalhar com exemplos. Um trabalho bem executado poupa 90 minutos de explicações teóricas sobre o que deve ser um trabalho escolar de geografia no ensino secundário e como se deve fazê-lo. 

Sobretudo para os alunos que não entendem por que razões não obtiveram mais do que um satisfaz ou um bom menos apesar de «acharem» que trabalharam muito... 

Foi sobretudo um exercício com Excel e criação de gráficos. Mas o mais interessante foi a pesquisa de dados para além dos habituais últimos 30 anos que é uma dificuldade inacreditável.

Para consultar o PDF do trabalho: AQUI

 

um trabalho de pesquisa em Geografia C sobre geopolítica atual

12º ANO



 
EXEMPLO DE UM TRABALHO DE PESQUISA DE EXCELÊNCIA   

Um trabalho bem executado poupa 90 minutos de explicações teóricas sobre o que deve ser um trabalho escolar no 12º de humanidades e como se deve fazê-lo. 

Sobretudo para os alunos que não entendem por que razões não obtiveram mais do que um satisfaz ou um bom menos apesar de «acharem» que trabalharam muito... 

Neste trabalho em PDF e Excel apenas considerei como menos conseguido o trabalho desenvolvido com a análise dos pafrões geográficos que os dados numéricos poderiam sugerir. 

Transcrevo aqui o comentário que deixei no CLASSROOM:
Vamos melhorar o uso do conceito PADRÃO GEOGRÁFICO: que implica localizar os valores (elevados ou reduzidos) de uma "variável" [coisa que fizeram muito bem] e estabelecer CORRELAÇÕES com os valores (elevados ou reduzidos) de uma outra variável [coisa que vos faltou fazer]. Por exemplo: Podiam constatar que há um padrão geográfico comum entre os países com elevada «liberdade económica» e os países com elevado IDH ou elevada produção de conhecimento.

Para consultar o texto do Trabalho: AQUI 
Para consultar o EXCEL do Trabalho: AQUI


 



QUESTIONAR O ACTUAL CONFINAMENTO  

Entrevista a António Ferreira, médico internista e professor na Universidade do Porto: "[Confinamentos] provocam o aumento da mortalidade não Covid, da morbilidade, da incidência de vários tipos de doenças, incluindo doenças mentais.” (...) “Uma pandemia combate-se através do rastreamento sistemático dos casos e do isolamento das pessoas infetadas”, explicou.

Ler: https://www.dn.pt/pais/confinamento-e-recolher-obrigatorio-inuteis-e-prejudiciais-defende-internista-do-sao-joao-13048365.html


ganhar 5000 euros e compreender como Portugal se industrializou e cresceu




COMO FAZER:  

1º Ver página do concurso: https://alfredodasilva150anos.pt/concurso-escolas

Ler/Baixar a «Biografia de Alfredo da Silva», fundador do Grupo CUF (gratuitamente disponibilizada aos alunos, professores e escolas, após registo).

3. Ler/Baixar as «Regras do concurso».

4. Ler/Baixar as «FAQ do concurso»

5. Os critérios para a seleção dos trabalhos:
a) O rigor histórico e a fidelidade à verdade;
b) A capacidade descritiva, expositiva e reflexiva;
c) O sentido crítico responsável;
d) A capacidade criativa e inventiva.

6. As bolsas de estudo terão os seguintes valores:
1.º classificado: bolsa de 5000 euros
2.º classificado: bolsa de 1000 euros
3.º classificado: bolsa de 500 euros

7. Objectivos do trabalho (parâmetros mínimos):
1. O conhecimento da vida de um dos maiores industriais e empresários portugueses, bem como das suas iniciativas, dos empreendimentos que criou e dos que lhe sucederam;
2. A consciência da importância da iniciativa privada e da liberdade económica para o desenvolvimento económico e social do país;
3. Ideias de iniciativas económicas e sociais que promovam a riqueza do país, o seu crescimento económico e a justiça social.

8. No Classroom de cada turma haverá materiais e aconselhamento metodológico para alunos a concurso.

praticar coordenadas geográficas

7º ANO




FAZ A LOCALIZAÇÃO DOS LUGARES LEGENDADOS  


QUESTIONAR AS ENERGIAS RENOVÁVEIS
Documentário produzido pelo activista anti imperialista Michael Moore. A sua tese polémica: as energias renováveis prejudicam mais o ambiente do que as restantes formas de energia.