CORRECÇÃO DO TEMA PORTUGAL NA UNIÃO EUROPEIA
EXAME DE GEOGRAFIA - 2014 ÉPOCA ESPECIAL



[EXAME 2014, ÉPOCA ESPECIAL]
[ GRUPO IV ]


A Figura 4 representa os países da União Europeia (UE), diferenciados em função da sua integração na Zona Euro.






1. De acordo com a Figura 4, alguns dos países da UE que não integram a Zona Euro são
(A) a Lituânia, a Bulgária, a Hungria e o Chipre. 
(B) a Eslováquia, a Eslovénia, a Hungria e o Chipre. 
(C) a República Checa, a Roménia, a Eslováquia e a Eslovénia. 
(D) a República Checa, a Roménia, a Lituânia e a Bulgária.


2. A introdução da moeda única na UE teve como principais objetivos
(A) a estabilização dos preços ao consumidor e a institucionalização de uma identidade europeia. 
(B) a facilitação das trocas comerciais e a garantia do crescimento económico dos Estados-membros. 
(C) a livre circulação de bens e serviços e a afirmação da economia europeia no contexto mundial. 
(D) a eliminação das operações de câmbio e a abolição de fronteiras entre os países aderentes.


3. O combate às disparidades económicas e sociais nos países da UE foi assumido, pela primeira vez, no
(A) Tratado de Maastricht, em 1992. 
(B) Tratado de Maastricht, em 1957. 
(C) Tratado de Roma, em 1957. 
(D) Tratado de Roma, em 1992.


4. Com os alargamentos da atual UE ocorridos em 1973, em 1986 e em 2004, entraram países como
(A) a Espanha, o Reino Unido e a Croácia. 
(B) a Irlanda, Portugal e o Chipre. 
(C) a Finlândia, a Grécia e a Hungria. 
(D) a Dinamarca, a França e a Bulgária.


5. A adesão dos Países da Europa Central e Oriental (PECO) à UE depende do cumprimento de um conjunto de critérios, dos quais se destacam
(A) a adoção de uma segunda língua oficial e a proteção das minorias. 
(B) a adoção de uma segunda língua oficial e a integração no espaço Schengen. 
(C) o respeito pelos direitos humanos e a proteção das minorias. 
(D) o respeito pelos direitos humanos e a integração no espaço Schengen.


6. A Rede Natura 2000 é um instrumento criado pela UE, que tem como principal objetivo
(A) atribuir financiamentos aos projetos europeus, no âmbito da conservação da biodiversidade, em zonas húmidas. 
(B) requalificar as frentes ribeirinhas, com vista à conservação da natureza para as futuras gerações. 
(C) definir as áreas de conservação de espécies e de habitats naturais, por proposta dos Estados‑membros. 
(D) criar uma estrutura organizativa de âmbito nacional, orientada para a conservação dos habitats naturais.