TEMA TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES
EXAME DE GEOGRAFIA - 2015 FASE 2



[EXAME 2016, FASE 2]
[ GRUPO IV ]


Os portos de Leixões e de Lisboa têm registado, na última década, flutuações no movimento de passageiros de cruzeiros turísticos.





1. De acordo com a Figura 4, o crescimento mais acentuado do número de passageiros nos portos de Leixões e de Lisboa registou-se, respetivamente,
(A) entre 2007 e 2008 e entre 2002 e 2003. 
(B) entre 2011 e 2012 e entre 2007 e 2008. 
(C) entre 2011 e 2012 e entre 2012 e 2013. 
(D) entre 2005 e 2006 e entre 2010 e 2011.


2. Na proximidade dos portos identificados na Figura 4, os principais produtos turísticos que podem ser articulados com o turismo de cruzeiros são
(A) o enoturismo e a pesca desportiva. 
(B) o património cultural e a gastronomia local. 
(C) o artesanato e os congressos internacionais. 
(D) o golfe e as excursões religiosas.


3. A aposta nos cruzeiros intercontinentais constitui um fator de desenvolvimento da Região Autónoma dos Açores, na medida em que contribui para
(A) dinamizar a economia regional do arquipélago. 
(B) fortalecer a oferta hoteleira do arquipélago. 
(C) potenciar um interface entre a Europa e a Ásia. 
(D) assegurar uma plataforma logística no Atlântico.


4. Um interface como o porto de Lisboa corresponde a
(A) um terminal de passageiros e de mercadorias, onde a conexão com o modo de transporte aéreo é direta. 
(B) uma estação, onde se inicia o percurso, sem mudar de modo de transporte, nem fazer conexões entre diferentes linhas do mesmo modo. 
(C) uma plataforma logística, onde, no mesmo local, se estabelecem conexões entre todos os modos de transporte. 
(D) um nó, onde se inicia ou termina o percurso, se muda de modo de transporte ou se fazem conexões entre diferentes linhas do mesmo modo.


5. Em Portugal, a importância que o transporte rodoviário adquiriu em relação ao transporte marítimo na exportação de mercadorias para a Europa, no período que se seguiu a 1986, está associada
(A) ao desenvolvimento da indústria eletrónica e à possibilidade de transporte porta a porta. 
(B) ao crescimento de empresas de transporte de mercadorias e ao decréscimo do preço dos combustíveis. 
(C) à intensificação das trocas comerciais com os países europeus e à melhoria das ligações rodoviárias no espaço europeu. 
(D) à melhoria da rede rodoviária fundamental e ao elevado consumo de bens produzidos noutros países europeus.


6. O porto de Sines apresenta relevância estratégica porque
(A) está localizado na confluência das principais rotas marítimas internacionais e é um porto de águas profundas. 
(B) tem infraestruturas adequadas ao trânsito internacional de passageiros e é um porto de águas profundas. 
(C) integra a maior plataforma multimodal e logística da Península Ibérica e é o único terminal petrolífero nacional. 
(D) está articulado com um sistema rodoferroviário de grande capacidade e é o único terminal petrolífero nacional.

VER CORRECÇÃO


Sem comentários: