CORRECÇÃO DOS TEMAS RECURSOS DO SUBSOLO E RADIAÇÃO SOLAR
EXAME DE GEOGRAFIA - 2015 FASE 2



[EXAME 2015, FASE 2]
[ GRUPO II ]


Portugal tem vindo a investir na instalação de aerogeradores destinados a transformar a energia eólica em energia elétrica.





1. De acordo com a Figura 2, os parques eólicos com potência inferior a 25 MW predominam em serras como as
(A) de Montejunto e de Montemuro. 
(B) de Marvão e de Montesinho. 
(C) de Marvão e de Montejunto. 
(D) de Montemuro e de Montesinho.


2. A distribuição espacial dos parques eólicos, observada na Figura 2, deve-se, entre outros fatores,
(A) ao forte gradiente barométrico e à forte intensidade dos ventos de oeste. 
(B) ao fraco gradiente barométrico e à altitude. 
(C) à heterogeneidade orográfica do território e à forte intensidade dos ventos de leste. 
(D) à heterogeneidade orográfica do território e à altitude.


3. Na região a norte do Tejo, uma das condições naturais favoráveis à produção de energia hídrica é
(A) a fraca variação interanual da precipitação, que assegura uma produção constante de energia. 
(B) a grande frequência das perturbações frontais ao longo do ano, que garante o abastecimento mensal das albufeiras. 
(C) a intensa precipitação anual, que garante os elevados valores dos caudais dos rios. 
(D) a existência de muitos rios com desníveis bruscos ao longo do seu perfil longitudinal, que acentua a ação erosiva.


4. Os recursos minerais do subsolo do território nacional que podem ser valorizados, do ponto de vista económico, classificam-se em
(A) metálicos, como o volfrâmio e o cobre, e não metálicos, como o quartzo e o caulino. 
(B) metálicos, como o volfrâmio e o feldspato, e não metálicos, como o sal-gema e o caulino. 
(C) metálicos, como o estanho e o cobre, e não metálicos, como o quartzo e o lítio. 
(D) metálicos, como o estanho e o feldspato, e não metálicos, como o sal-gema e o lítio.


5. Os principais fornecedores do gás natural consumido em Portugal são
(A) a Nigéria, por gasoduto, e a Rússia, por metaneiro. 
(B) a Argélia, por gasoduto, e a Nigéria, por metaneiro. 
(C) a Venezuela, por gasoduto, e a Argélia, por metaneiro. 
(D) a Rússia, por gasoduto, e a Venezuela, por metaneiro.


6. O investimento de Portugal nas energias renováveis contribui
(A) para o incremento da exportação de produtos industriais e para o aumento dos níveis de azoto. 
(B) para o equilíbrio da balança comercial e para o aumento da produção de clorofluorcarbonetos (CFC). 
(C) para a redução do défice da balança comercial e para a diminuição da produção de hidrogénio. 
(D) para a autossuficiência energética e para a redução da emissão de gases com efeito de estufa.