CORRECÇÃO DO TEMA TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES
EXAME DE GEOGRAFIA - 2016 FASE 2


[EXAME 2016, FASE 2 - VERSÃO 1]
[ GRUPO IV ]


As tecnologias de informação geográfica têm, atualmente, grande relevância na recolha, na avaliação e na comunicação de informação, bem como nos processos de planeamento e de ordenamento do território.






1. As tecnologias de informação geográfica, quando utilizadas de acordo com o esquema da Figura 4A, são importantes no processo de gestão do território, porque
(A) evitam a sobre-exploração dos recursos naturais do fundo do mar e permitem a identificação de novos recursos da plataforma continental. 
(B) garantem a valorização económica dos recursos marinhos e desenvolvem a cartografia temática. 
(C) potencializam a georreferenciação dos fundos oceânicos e apoiam as tomadas de decisão. 
(D) impedem o esgotamento de recursos do fundo do mar e permitem a monitorização da qualidade das águas oceânicas.


2. Em Portugal continental, na área concedida para a prospeção de hidrocarbonetos observada na Figura 4B, são explorados recursos do subsolo, de que são exemplo
(A) as rochas ornamentais, como o mármore e o granito. 
(B) os minerais não metálicos, como o talco e o caulino. 
(C) os minerais metálicos, como o volfrâmio e o cobre. 
(D) as rochas industriais, como o calcário e o sal-gema.


3. Portugal apresentou na ONU, em 2009, uma proposta de alargamento da sua plataforma continental para além das 200 milhas náuticas da Zona Económica Exclusiva (ZEE), com a finalidade de
(A) permitir a exploração da coluna de água subjacente aos fundos oceânicos. 
(B) prolongar os seus direitos de soberania sobre novas áreas do subsolo marinho. 
(C) aumentar a área nacional para a instalação de aerogeradores em alto mar. 
(D) garantir a instalação de cabos de fibra ótica entre Portugal e os países americanos.


4. A iliteracia digital em Portugal tem sido combatida, sobretudo, através de estratégias como
(A) a formação de cidadãos em competências digitais feita por interlocutores certificados. 
(B) a venda de telemóveis de última geração a todos os cidadãos em idade ativa. 
(C) a generalização da aquisição de tecnologias digitais a todos os cidadãos infoexcluídos. 
(D) a fixação de empresas que desenvolvem programas na área da segurança informática.


5. As novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) têm facilitado o acesso aos serviços públicos a partir de casa, porque
(A) promovem o contacto pessoal com os interlocutores. 
(B) contribuem para a redução do valor dos impostos pagos online. 
(C) facilitam a abertura de balcões de atendimento à população. 
(D) permitem uma rentabilização do tempo disponível dos utentes.


6. As iniciativas destinadas a generalizar o acesso às tecnologias de informação e comunicação têm contribuído para aumentar o número de utilizadores da Internet devido à
(A) existência de equipamentos elétricos nas habitações. 
(B) facilidade de aquisição de bens e serviços online. 
(C) ausência de custos em consultas médicas online. 
(D) aplicabilidade do teletrabalho em todas as profissões.



Sem comentários: