CORRECÇÃO DO TEMA RADIAÇÃO SOLAR
EXAME 2016 ÉPOCA ESPECIAL


[EXAME 2016, ÉPOCA ESPECAL]
[ GRUPO I ]


A variabilidade espacial e temporal do clima em Portugal continental reflete a influência da circulação geral da atmosfera nas latitudes médias e dos fatores geográficos regionais. A Figura 1 apresenta gráficos termopluviométricos de cinco estações meteorológicas de Portugal continental, considerando as normais climatológicas de 1981-2010.






1. Na Figura 1, a estação meteorológica de _______ apresenta dois meses secos, e a estação meteorológica de Bragança apresenta _______ meses húmidos.
(A) Évora … oito 
(B) Faro … sete 
(C) Viana do Castelo … nove 
(D) Setúbal … dez


2. A distância relativamente ao oceano é, de acordo com a Figura 1, o principal fator explicativo da diferença nos valores da temperatura e da precipitação entre as estações meteorológicas
(A) de Viana do Castelo e de Évora. 
(B) de Évora e de Faro. 
(C) de Viana do Castelo e de Bragança. 
(D) de Bragança e de Faro.


3. O número de meses húmidos registado nas estações meteorológicas situadas a norte do rio Tejo e apresentadas na Figura 1 deve-se, entre outras razões,
(A) à passagem frequente das perturbações da frente polar, ao longo do ano. 
(B) à ação dos ventos quentes continentais, durante o período estival. 
(C) à influência do anticiclone dos Açores, ao longo de quase todo o ano. 
(D) à ocorrência permanente da nortada, durante o período de inverno.


4. «A análise da Figura 1 permite-nos afirmar que em Portugal continental não existe grande variação intra--anual da precipitação.» Esta afirmação é
(A) verdadeira, porque nos meses de verão os valores de precipitação registados nas regiões do interior são mais baixos do que os registados nas regiões do litoral. 
(B) falsa, porque nos meses de verão os valores de precipitação são normalmente inferiores aos registados nos meses de inverno. 
(C) falsa, porque, de ano para ano, os valores de precipitação registados são sempre mais elevados nas estações meteorológicas do sul do que nas estações do norte. 
(D) verdadeira, porque, de ano para ano, os valores de precipitação mensal são muito semelhantes em todas as estações meteorológicas do litoral.


5. Os caudais dos rios portugueses podem ser afetados por fatores humanos como
(A) a impermeabilização dos solos e o recurso à agricultura de sequeiro. 
(B) a irregularidade da precipitação e os incêndios florestais. 
(C) a construção de barragens e o relevo acidentado. 
(D) a captação de água para rega e a construção de canais para transvases.



6. A construção de barragens com albufeiras de retenção contribui, entre outros aspetos, para
(A) a disponibilidade de água ao longo do ano, para consumo doméstico e agrícola. 
(B) a qualidade da água, pela redução dos níveis de poluição a montante das albufeiras. 
(C) a fertilização dos solos agrícolas no inverno, através do controlo das cheias. 
(D) a manutenção da biodiversidade nos estuários, pela regularização dos níveis das marés.



Sem comentários: