comunidades de emigrantes: os portugueses nascidos em Portugal emigrados no estrangeiro




nota:
Os portugueses nascidos no estrangeiro e os seus filhos e netos não são contabilizados nos dados do Observatório das Emigrações.


QUANTOS PORTUGUESES EXISTEM NO PLANETA TERRA?   

Cerca de 10,3 milhões de portugueses residentes em Portugal e, presume-se, quase 5 milhões espalhados pelo mundo, quer de primeira geração, quer luso-descendentes recentes, formando assim um total de cerca de 15 milhões de portugueses.

De acordo com dados da Direcção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal, os países com maiores comunidades portuguesas são, por ordem de importância demográfica: a França, o Brasil e os EUA (caso se considerem, no cômputo dos luso-americanos, aqueles que descendem de portugueses em graus variados).


mapa mudo para mapear a União Europeia em 2017


Lista de todos os países da UE28 para o GOOGLE EARTH baixar o KML aqui: dropbox.com/s/20Europeia.zip



Localização das "regiões ultraperiféricas" (RUP) ["Outermost regions" em inglês] e dos "países e territórios ultramarinos" (PTU) ["Overseas countries and territories" em inglês]



LISTA DOS PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA:  

Quantos países tem a União Europeia? São 28 países. Durante o Verão de 2013, a Croácia aderiu à UE.


EstadosNa língua local
 AlemanhaDeutschlandDE
 ÁustriaÖsterreichAT
 BélgicaBelgië / Belgique / BelgienBE
 BulgáriaБългарияBG
 ChipreΚύπροςCY
 CroáciaHrvatskaHR
 DinamarcaDanmarkDK
 EslováquiaSlovenskoSK
Eslovénia EslovéniaSlovenijaSI
 EspanhaEspañaES
 EstóniaEestiEE
 FinlândiaSuomi / FinlandFI
 FrançaFranceFR
 GréciaΕλλάδαGR
 HungriaMagyarországHU
 IrlandaÉireIE
 ItáliaItaliaIT
 LetôniaLatvijaLV
 LituâniaLietuvaLT
 LuxemburgoLuxembourgLU
 MaltaMaltaMT
 Países BaixosNederlandNL
 PolóniaPolskaPL
 PortugalPortugalPT
 Reino UnidoUnited KingdomGB
 República ChecaČeská republikaCZ
Roménia RoméniaRomâniaRO
 SuéciaSverigeSE
































Regiões ultra-periféricas da União Europeia:
França: Guiana Francesa  - Guadalupe - Reunião - Martinica - Mayotte - Saint-Martin;
Portugal: Madeira  - Açores
Espanha: Ilhas Canárias


Nota:
As "regiões ultraperiféricas" (RUP) ["Outermost regions" em inglês] são áreas geográficas que fazem parte de um Estado-membro da União Europeia, estão situadas fora da Europa continental e são totalmente parte da comunidade europeia.

Os "países e territórios ultramarinos" (PTU) ["Overseas countries and territories" em inglês] são territórios dependentes que têm uma relação especial com um dos Estados-membros da UE e que tenham sido explicitamente convidados pelo tratado da UE para se juntar à Associação UE-PTU.





O MAPA DA UE28 PARA O GOOGLE ERATH - DESDE 1957 A 2015:

Localizar no mapa os países da União Europeia é tema obrigatório para todos os meus alunos. Sairá em todos os testes, treinem sff.

ATENÇÃO:
Para usarem no GOOGLE EARTH podem usar este ficheiro: dropbox.com/s/20Europeia.zip

países e capitais da Europa em 2017 - exercícios com mapas


Neste mapa estão assinaladas todas as Capitais dos países representados no mapa.


Neste mapa estão assinaladas as 43 Capitais dos 43 países europeus.


Neste mapa estão assinaladas todos os 43 países europeus e seus vizinhos.


Em Janeiro de 2016 a ONU reconhecia a existência de 43 países.

Não confundir "Países" com "Territórios de Soberania Especial".
Fonte: Norma M49 das Nações Unidas 


Em baixo a lista com os países em azul; os territórios em negrito e sem tradução.


EUROPA (10 territórios de soberania especial; 43 países)

Europa Oriental
(10 países)
01

02

03

04

05

06

07

08

09

10


Europa do Norte
(10 países)
01
Åland Islands
02
Channel Islands
03
04
05
Faeroe Islands
06
07
Guernsey
08
09
10
Isle of Man
11
Jersey
12
13
14
15
16
Sark
17
Svalbard and Jan Mayen Islands
18

Europa do Sul
(14 países)
01
02
03
04
05
06
07
Gibraltar
08
09
Holy See
10
11
12
13
14
15
16

Europa Ocidental
(9 países)
01
02
03
04
05
06
07
08
09

mapa da Espaço Shengen em 2017




ESPAÇO SHENGEN:   

Um espaço sem fronteiras internas no interior do qual os cidadãos europeus e muitos nacionais de países que não pertencem à UE podem circular livremente, em turismo ou por motivos de trabalho, sem serem sujeitos a controlos fronteiriços.

Criado em 1985, este espaço tem vindo gradualmente a crescer, englobando, hoje em dia, quase todos os países da UE e alguns países associados.

Fonte: Espaço Shengen - Um espaço sem fronteiras (Publicação pdf na web oficial da união Europeia


Lista dos países que fazem parte do Espaço Schengen:   

Alemanha
Áustria
Bélgica
Dinamarca
Eslováquia
Eslovénia
Espanha
Estónia
Finlândia
França
Grécia
Hungria
Islândia
Itália
Letónia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Noruega
Países Baixos
Polónia
Portugal
República Checa
Suécia
Suíça

mapa da Zona Euro em 2017




A ZONA EURO   

Uma moeda única oferece muitas vantagens, entre as quais a de pôr termo aos custos cambiais e à flutuação das taxas de câmbio. O comércio transfronteiras torna-se assim mais fácil para as empresas e a conjuntura económica mais estável, permitindo o crescimento da economia e oferecendo mais possibilidades de escolha aos consumidores.

O euro (€) é a moeda oficial de 19 dos 28 países da UE. Esses países constituem a chamada zona euro.

Fonte: Europa.eu (sítio Web oficial da União Europeia)


Lista dos países que fazem parte da Zona Euro:  

Alemanha
Áustria
Bélgica
Chipre
Eslováquia
Eslovénia
Espanha
Estónia
Finlândia
França
Grécia
Irlanda
Itália
Letónia
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Países Baixos
Portugal

as principais regiões geográficas do mundo segundo as nações unidas


Fonte: Norma UN M.49 (standard M.49). Revista em 11 Outubro de 2012.

WORLD – MUNDO [designações internacionais]
AFRICA
AMERICAS
ASIA
EUROPA
OCEANIA

Eastern Africa
Latin America and Caribbean
Central Asia
Eastern Europe
Australia and New Zealand

Middle Africa
Caribbean
Eastern Asia
Northern Europe
Melanesia

 Northern Africa
Central America
Southern Asia
Southern Europe
Micronesia

Southern Africa
South America
South-Eastern Asia
Western Europe
Polynesia

Western Africa
Northern America  
Western Asia





Em Janeiro de 2015 a ONU reconhecia a existência de 193 países.
Contudo, a mesma ONU admite, em documentação distinta, a existência de 194 ou 195 países (considerando-se por vezes o Vaticano e os Territórios Palestinianos como estados soberanos).
Fonte: Norma M49 das Nações Unidas 

Norma M49 da Divisão de Estatística das Nações Unidas divide o mundo em Regiões Geográficas e lista todos os países do mundo.

4 conceitos relativos ao IDH - Índice de Desenvolvimento Humano

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 
Um índice composto que mede as realizações em três
dimensões básicas do desenvolvimento humano - uma vida longa e saudável, o conhecimento e um padrão de vida digno.



Esperança de vida à nascença: 
Número de anos que uma criança recém-nascida poderia esperar viver se os padrões prevalecentes das taxas de mortalidade por idades à data do nascimento permanecessem iguais ao longo da sua vida.


Anos de escolaridade frequentados: 
Número médio de anos de escolaridade recebida por pessoas a partir dos 25 anos, convertido a partir dos níveis de realização educativa usando as durações oficiais de cada nível.


Anos de escolaridade esperados: 
Número de anos de escolaridade que uma criança em idade de entrada na escola pode esperar receber, se os padrões prevalecentes das taxas de matrícula por idades persistirem ao longo da sua vida.


Rendimento Nacional Bruto (RNB) per capita: 
Rendimento agregado de uma economia gerado pela sua produção e posse dos factores de produção, deduzido dos rendimentos pagos pela utilização de factores de produção pertencentes ao resto do mundo, convertido para dólares internacionais usando as taxas de paridade de poder de compra (PPC) e dividido pela população a meio do ano.


Fonte:
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. In http://hdr.undp.org

mapa de Portugal - Distritos


Fonte: d-maps.comhttp://d-maps.com


DISTRITOS DE PORTUGAL

Cuidado. Os Açores e Madeira não são Distritos desde o fim do Estado Novo em 1974. Desde então são considerados Regiões Autónomas

IDH vs. RNB - a construção de um gráfico em papel milimétrico no nono ano


9C nr04 Fábio 2013-2014


9C nr20 Rita 2013-2014




COMO CONSTRUIR O GRÁFICO DO IDH E RNB COM DADOS DE 2015 (RDH 2016): 

Em papel milimétrico, orientado verticalmente. A legenda será uma listagem feita em folha à parte.

Devem ser marcados no gráfico todos os 51 países classificados com um Desenvolvimento Humano Muito Elevado ("Very High Human Develeopment").  Portugal está na 41º lugar num total de 188 países observados (em 2015 existiam 195 países no mundo).


ALGORITMO DO MAPA:

Usando na escala de X:
1mm = 0,001 valores do IDH (HDI em ingês)

Usando na escala de Y:
1mm = 1000 dólares ($USD) de RNB Per Capita(GNI em ingês)


O IDH varia entre 0,000 e 1,000 valores
O RNB Per Capita máximo pertence ao Qatar.



O IDH VERSUS O RNB PER CAPITA  

Quais os países mais desenvolvidos do mundo?
Os países mais produtivos ou mais ricos serão os mais desenvolvidos?

As fotos são de trabalhos feitos por alunos do nono ano em 2013-2014.

Notem as oscilações do gráfico. Nem sempre o dinheiro garante uma elevada qualidade de vida: as .

o desenvolvimento humano e o crescimento económico - porque razão o IDH usava o PIB e agora usa o RNB





O IDH E O PIB, O PNB E E O RNB   

No nono ano de geografia trabalhamos o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) que usa 4 indicadores. Um destes era o PIB/per capita que passou em 2009 a RNB/per capita mas ambos medem a riqueza produzida. Qual a diferença? Porque mudaram de indicador?
Uma simples mudança que obriga a esclarecimentos simples:

1) PIB, PNB e RNB: estes indicadores medem o valor da riqueza produzida.
2) PIB (Produto Interno Bruto) será a riqueza produzida no território nacional por estrangeiros e nacionais.
3) PNB (Produto Nacional Bruto) será a riqueza produzida por nacionais no estrangeiro e dentro do próprio país (território nacional).
4) RNB (Rendimento Nacional Bruto) será a riqueza produzida por nacionais no estrangeiro e dentro do próprio país (território nacional) sem incluir movimentos de capitais (empréstimos ou saídas de capitais). Ou seja, os países que vivam de dinheiro emprestado ou que sofram de «fuga de capitais» para o estrangeiro terá um RNB mais reduzido.








INDICADORES DO DESENVOLVIMENTO HUMANO VS. CRESCIMENTO  ECONÓNICO
- O PRODUTO INTERNO BRUTO É DIFERENTE DE RENDIMENTO NACIONAL BRUTO   

O PIB (Produto Interno Bruto) dá o valor da riqueza criada anualmente em Portugal, e o RNB (Rendimento Nacional Bruto) dá o valor da riqueza criada anualmente que fica em Portugal.

O PIB que é utilizado normalmente para medir o crescimento económico e também a riqueza de um país não traduz com rigor a verdadeira situação dos habitantes de um país. E isto porque uma parte da riqueza criada num país pode ser apropriado por estrangeiros através da sua transferência para o exterior.

O PIB (Produto Interno Bruto) dá o valor, em euros, da riqueza criada anualmente em Portugal, e o RNB (Rendimento Nacional Bruto) dá o valor da riqueza criada anualmente que fica em Portugal.



O CASO PORTUGUÊS DA DIFERENÇA ENTRE PIB E RNB - AS DÍVIDAS E AS FUGAS DE CAPITAL 

Análise do Quadro I e Quadro II:

Tem aumentado a diferença entre o RNB e o PIB. As empresas portugueses, nomeadamente as pertencentes a grandes grupos económicos, estão a investir cada vez mais no estrangeiro. Há fuga de capitais e o investimento em Portugal é cada vez mais reduzido. E, porque, o país tem vivido de empréstimos/dívidas o PIB mantem valores mais elevados do que o RNB

Se compararmos a percentagem que o RNB ( a riqueza que fica anualmente em Portugal) com o PIB (a riqueza criada anualmente em Portugal ) concluímos que ela tem diminuído de uma forma contínua.


Nota: 
Estas informações foram possíveis por consulta ao artigo do economista Eugénio Rosa no resisitir.info.

os dados do Índice de Desenvolvimento Humano mais actual (2016)

IDH PUBLICADO EM 21 DE MARÇO DE 2017  

Portugal subiu a sua posição e continua a ser considerado um país desenvolvido.



DEFINIÇÃO DE IDH  

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de "desenvolvimento humano" e para ajudar a classificar os países como "países desenvolvidos" (porque têm desenvolvimento humano muito alto), "países em desenvolvimento" (porque têm desenvolvimento humano médio e alto) e "países subdesenvolvidos" (porque têm desenvolvimento humano baixo).




Portugal e sua posição geográfica - trabalho de pesquisa no 10B




MATERIAIS A EMPREGAR NO TRABALHO DE PESQUISA  

Usaremos papel vegetal para mapear as NUTS I, II e III. Criaremos no Google Earth a georreferenciação dos principais sistemas montanhosos.


As fontes para mapas de base simplificados estão aqui:
Picos montanhosos - http://www.geografia-ensino.com/2017/09/hipsometria-e-as-principais-montanhas.html
Mapa de NUTS - http://www.geografia-ensino.com/2017/09/portugal-localizacao-e-territorio.html
Lista de NUTS - http://www.geografia-ensino.com/2017/09/organizacao-territorial-de-portugal-as.html
Lista de cidades portuguesas - https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_cidades_em_Portugal




leitura da paisagem geográfica na secundária Cunha Rivara de Arraiolos


Imagem orientada a Sul - i.e., o topo da fotografia coincide com o rumo Sul
Em primeiro plano o campo de futebol e a escola Cunha Rivara. 
Na esquerda da foto, o castelo de Arraiolos alcandorado no topo da colina mais elevada de Arraiolos. A ladeira que dá para a nossa escola situa-se na vertente poente do castelo que sendo redondo é por isso, uma raridade.



Planta topográfica oientada a Sul - i.e., o topo da imagem coincide com o rumo Sul.
As linhas concêntricas são «curvas de nível» e indicam a altitude. A escola tem a cota 356 metros de altitude e o castelo os 386 metros - ou seja, 30 metros de «comando» em relação à «rechã» onde construiram as intalações escolares.



Entardecer visto da Sala 9 em Outubro de 2013.
Foi na minha primeira semana de aulas. Alunos do sétimo ano conversam após aula de Geografia.
Um ano feliz.



Memória do workshop dedicado à feitura de livros e promovido pelo projecto Vento Norte Cartonero