o fracasso educacional brasileiro



Quase sempre o Brasil ocupa os últimos lugares nos rankings escolares da OCDE...
Em 2007 o filósofo iconoclasta Olavo Carvalho explanou o porquê da derrocada educacional brasileira dos últimos 20 anos.

Se, substituirmos a palavra «Brasil» por «Portugal» as afirmações continuam válidas?

Também cá, entre os anos 2000 a 2003 as tentativas de ocultar, dissimular, justificar e não divulgar os maus resultados dos alunos portugueses nos exames PISA foram abundantes e, estranhe-se!, promovidas pelo próprio Ministério da Educação... Já os resultados brilhantes dos alunos sul coreanos eram justificados grosso modo como «gente sem vida própria»...


nota:
Para os meus leitores brasileiros interessados em conhecer igual visão crítica e iguais dificuldades em Portugal, aconselho 3 videos decisivos:
Plano Inclinado (2010): 
As dificuldades do Ensino Superior em Portugal (com Medina Carreira, Nuno Crato e Carlos Fiolhais)
Plano Inclinado (2010):
A educação em debate (com Medina Carreira, Nuno Crato e Paulo Guinote)
Plano Inclinado (2010): 
A educação em debate (com Medina Carreira, Nuno Crato e Guilherme Valente)