localizar países nos testes de geogrfia


CLICAR NA IMAGEM PARA JOGAR
Ver em pordata.pt/Europa

Um jogo para localizar os países da UE27, os países que usam o Euro (€), e os países aderentes ao Espaço Schengen. Nota: para os sétimos e oitavos anos basta apenas o mapa da UE27



Do 7º ao 12º ano todos os meus alunos irão localizar os países da UE27 em todos os testes de avaliação - localizar os países da UE é o mínimo que se pode exigir a um alunos de geografia

Treinem muito e divirtam-se!


NOTA:
A ONU reconhece a existência em 2011 de 50 países europeus.
Para os interessados consultar a NORMA UN M.49

greve geral: eu faço



Eu faSSo! Não concordo mas faço.

Amanhã há greve. Não concordo com os argumentos e as razões da sua convocação mas faço-a.


Não tenho paciência para explicar-me, nem para argumentar o meu paradoxo (será paradoxal?), nem este blog serve para estas coisas...
 Por mim, quero aproveitar o dia para criar materiais para a disciplina de Geografia e avaliar testes.


Enfim, fica, pois, o aviso para organização do «dia do bloqueio» por parte dos meus alunos e pais.

testes de geografia para os oitavos anos de geografia


Ver em http://pt.scribd.com/doc/SEBENTA-8ANO-unidade-1-POPULACAO 


 Reparem no gráfico em cima.

O Modelo de Transição Demográfica relaciona todas as matérias dedicadas à população: a transição de estruturas demográficas típicas de países em vias de desenvolvimento (75% dos países do mundo) para estruturas populacionais típicas dos países desenvolvidos.
A transição de populações jovens (países em vias de desenvolvimento) para populações envelhecidas (países desenvolvidos).
Os diferentes ritmos de crescimento das populações e a explosão demográfica...

Por causa deste modelo de transição demográfica todos os indicadores demográficos (taxa de natalidade, taxa de mortalidade, taxa de mortalidade infantil, taxa de crescimento natural, taxa de fertilidade ou esperança média de vida) irão sofrer alterações conforme a «Fase» em que se situa a população.

nota:
Este gráfico foi corrigido em Março de 2012 após um alerta de leitor: a legenda estava trocada nas cores azul e vermelho (agora está ok ;)

testes para os sétimos anos de geografia



O que aconteceu?
Está tudo bem ou tudo mal? Que mudanças ocorreram? O que fica a Norte? E o que fica a Sul?

Uma dica para os sétimos anos que vão fazer testes nesta semana... reparem com atenção nestas duas figuras e façam alguma «Localização Absoluta» ;)

IDH - o Índice do Desenvolvimento Humano em 2011


Países desenvolvidos: países com IDH muito elevado.
Ver tabela com detalhe AQUI

Classificação do desenvolvimento humano:

As classificações do IDH são relativas, baseadas nos quartis da distribuição (4 grupos de 25%) do IDH pelos países, e indicam um IDH muito alto, IDH alto, IDH médio e IDH baixo.

Como estão incluídos 187 países, dois grupos têm de ter países a mais; os grupos de IDH muito alto e baixo têm 46 países cada, enquanto que o grupo de IDH alto tem 47 países e o grupo de IDH médio tem 48 países.

Em 2011 existem 192 Estados-Membros da ONU mas só foi possível obter dados para 187.

Em Portugal encontra-se no 41º lugar: desceu em relação a 2010.

o Relatório do Desenvolvimento Humano de 2011


Ver em hdr.undp.org 

A humanidade progrediu. 

O desenvolvimento humanos, medido pelo IDH, nos últimos 40 anos foi enorme tal como demonstra o Relatório do Desenvolvimento Humano de 2011 (publicado na primeira semana de Novembro).

Contudo, a distribuição de rendimento piorou e a degradação ambiental ameaça o futuro.

a questão demográfica e a questão económica na actualidade





O «milagre português» após os anos setenta tem de ser repensado.
O acesso às tendências de longo prazo obrigam a reler os anos anteriores à década de setenta.
A primeira década do 3º Milénio tem de ser revista, sobretudo a tese de que nos transformámos num país de «Imigração».

Actualmente, Portugal enfrenta hoje 4 grandes crises em simultâneo:

A crise das finanças públicas
A crise da competitividade e do crescimento económico
A crise do endividamento externo
O envelhecimento da população.

Neste documento agrupei os gráficos dos principais indicadores económicos e sociais para caracterizar a actual crise de Portugal. A novidade centra-se na visão de longo prazo e na seleccção dos indicadores mais decisivos; o que implica uma completa revisão do retrato social e económico do país e igual revisão do ensino de Geografia de Portugal no secundário

Nota:
Ver em ecran cheio em: Portugal Século XXI - Os gráficos da crise



Portugal mudou.

O Programa Nacional de Geografia para o Secundário ficou desactualizado. Os materiais que até agora usava nas aulas de geografia no secundário precisam de ser revistos. Os manuais de geografia retratam um país que já não existe (o programa nacional de Geografia é dedicado a Portugal na actualidade). A realidade foi mais veloz do que os tempos das revisões editoriais ou gestão editorial...

Por mim vou tentar uma solução amanhada com os dados do INE (Instituto Nacional de Estatística) e em breve postarei uma Sebenta de Estudo actualizada para as Unidades Didáctricas dedicadas à população no 10º/11ºAno.

neste exacto momento há alunos a estudar no Outro lado do mundo


Ver em TOUTUBE/geografismos

Reportagem do International Herald Tribune sobre as escolas CRAM sul coreanas em Julho de 2008.

O nome CRAM, em Inglês, tem origem no slang e significa "estudar intensivamente", significando que estudar muito ou estudar uma grande quantidade de material ao longo de um ano. Estas escolas não certificam, nem são verdadeiramente escolas, pretendem apenas preparar os seus alunos para os exames de admissão à universidade.

Os alunos das CRAM Schools são voluntários e pagam para as frequentar e estudam 16 horas por dia, sete dias por semana.

Na Coreia do Sul cada agregado familiar gasta em média 30% do seu rendimento na educação dos filhos. O investimento do estado é elevado e (4,6% do PIB em 2004) e os professores têm os melhores salários do país, com longos períodos de férias.

FONTE:
Wikipedia. Cram school: http://en.wikipedia.org/wiki/Cram_school


Coreia do Sul, Índia, China, Japão... - No Outro lado do planeta há alunos que estudam à séria, num esforço absoluto. Procuram as melhores Universidades do mundo. Nestes casos as classificações internas inflaccionadas, habituais  e inevitáveis, no nosso ensino secundário, não fazem sentido; ou se sabe ou não se sabe...


Sequências de fotos em time-lapse tiradas pela pela tripulação da «Expedição 28 e 29» a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) entre Agosto e Outubro de 2011.

As imagens foram tiradas com uma «Special low-light 4K-camera».

Lugares fotografos por ordem de aparição:

1. Aurora Borealis sobre os EUA à noite
2. Aurora Borealis e a Costa Leste dos EUA à noite
3. Aurora Australis de Madagáscar até a região Sudoeste da Austrália
4. Aurora Australis a Sul da Austrália
5. Costa Noroeste dos EUA até à região Centro da América do Sul à noite
6. Aurora Australis do Oceano Pacífico Sul para o Oceano Pacífico Norte
7. Meia volta ao mundo
8. Passagem à noite sobre a África Central e o Médio Oriente
9. Passagem à noite sobre o deserto do Saara e o Médio Oriente
10. Passagem sobre o Canadá e o Centro dos EUA à noite
11. Passagem sobre o Sul da Califórnia até Hudson Bay
12. Ilhas no Mar das Filipinas à noite
13. Passagem sobre a Ásia Oriental, o Mar das Filipinas e Guam
14. Avistamento do Médio Oriente à noite
15. Passgem à noite sobre o Mar Mediterrâneo
16. Aurora Borealis e os EUA à noite
17. Aurora Australis ao longo do Oceano Índico
18. Europa de Leste até o Sudeste Asiático à noite

a população portuguesa - geografia no 10º ano


Ver em YOUTUBE/geografismos

Tema do programa: «Estado Social e Demografia ».
Convidada: Maria João Valente Rosa, Professora da Universidade Nova de Lisboa, especialista em demografia. Emitido em 7 de Novembro de 2011.

TESE PRINCIPAL:
Nos últimos 50 anos foi registado um decréscimo contínuo da taxa de natalidade em Portugal, que passou de 24,1 ‰, em 1960, para 9,7 ‰, em 2008.

 FACTOS SOBRE A POPULAÇÃO PORTUGUESA:
Desde 1981 o limiar mínimo da renovação das gerações (2,1 filhos por mulher) não é atingido. A gravidade da situação tem sido atenuada devido à imigração para o nosso país. Os imigrantes, geralmente jovens, são responsáveis por um número significativo de nascimentos.

Após 1960 ocorreu uma diminuição no Crescimento Natural.
Após 1990 o crescimento natural manteve-se com valores reduzidos (nulos)
Após 2008 o crescimento natural é negativo.


NOTA: A questão demográfica no Portugal do Século XXI. Um programa para a próxima 2ªFeira com o 10º4

exames nacionais de geografia resolvidos





Exames nacionais de geografia no secundário (10º/11º Anos).

A cada ano que passa são feitos quatro exames nacionais. Os que aqui apresento foram resolvidos pela equipe do Ministério da Educação (GAVE).

Leiam com atenção as respostas de cada pergunta e os respectivos critérios de correcção.


Sugestão: espreitem primeiro estes exames:
exame de geografia 719 - 2009 - fase1 versão1 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2009 - fase1 versão2 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2009 - fase2 versão1 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2009 - fase2 versão2 - perguntas e respostas
***
exame de geografia 719 - 2010 - fase1 versão1 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2010 - fase1 versão2 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2010 - fase2 versão1 - perguntas e respostas
exame de geografia 719 - 2010 - fase2 versão2 - perguntas e respostas



nota:
O GAVE tem uma página com estes exames mas o seu link está sempre a mudar, alguns já desapareceram e, os restantes, costumam ser apresentados de um modo muito confuso.

amarcord

professor sentimos muita a sua falta . [ ... ] Não quer voltar ao seus alentejaninhos não ? as turmas dos seus 8º anos queriam muito que voltasse, era tudo muito mais fácil. 
lembre-se sempre de nós, até dos mais traquinas 
Amarcord. Pessoal, que saudades vossa!

Foi uma surpresa a minha ausência aí em Évora. Mas o que tem que ser tem imensa razão de ser e só posso dizer que tive imensa sorte em vos conhecer (foram umas aulas «muito ok», não foram?) e, posso-vos garantir, tenho imensa sorte em ter encontrado aqui, em Almada, uma Secundária cinco estrelas.- aliás, vocês iriam apreciar o «ambiente».

Sabem que mais? O maior abraço a todos!

Évora nos testes do sétimo ano


Escrita na Paisagem 2011

Lembram-se desta imagem? Os primeiros testes do 7º ano incluíram este cenário (e a barragem do Alqueva). Bem no centro do centro histórico.

de volta

Todo este tempo sem cá vir. Foram os testes e a papelada da escola...

Após a primeira ronda de avaliações posso dizer que estamos em afinações (a prova é que obtive poucos 100% apesar de ter alunos super excelentes).

Acrescento que confirmei uma intuição minha sobre os alunos do Pragal: uma oscilação tremenda entre a excelência e a total "fuga ao trabalho". Conjugar tudo isto em sala de aula é uma dificuldade: ou sou «exigente» nas matérias e levo ao «abandono» de 1/3 dos alunos, ou, sou «pouco exigente» e não respeito os melhores alunos (que passam a levar umas belas «secas» com geografia fácil demais). Este será o meu dilema.