projecto excelsior


Ver em Project Excelsior





Projecto Excelsior 1959 e 1960

Saltos de pára-quedas de grande altitude.

Joseph Kittinger (Força Aérea dos EUA) estabeleceu os recordes mundiais para o salto mais alto e a velocidade mais rápida atingida por um ser humano através da atmosfera. Ainda hoje estes recordes continuam de pé .

16 de Agosto de 1960 ocorre o Excelsior III (terceiro e último salto do Projecto Excelsior). Durante a subida a vedação de pressão na luva direita falhou e Kittinger começou a sentir uma forte dor na mão direita provocada pelo ar extremamente frio (-70°C). Contudo, decidiu não informar a equipe de terra de modo a não abortarem o teste por motivos de segurança.

Apesar de temporariamente perder o uso da mão direita continuou com a ascensão, subindo a uma altitude de 31,333 km (102.800 pés).

A subida levou 1 hora e 31 minutos e quebrou o recorde de altitude anterior (30,942 km em 1957). Kittinger ficou em altitude máxima durante 12 minutos, à espera que o balão se situasse sobre a área alvo de pouso.

Iniciada a descida Kittinger caiu durante 4 minutos e 36 segundos em queda livre, estabelecendo um recorde mundial ainda hoje não batido.
A uma altitude de 5,330 km (17.500 pés), Kittinger abriu o seu pára-quedas principal e pousou em segurança no deserto do Novo México.

A descida levou ao todo 13 minutos e 45 segundos e definiu o atual recorde mundial para o salto mais alto de pára-quedas.

Durante a descida Kittinger experimentou temperaturas tão baixas como -70°C. Na fase de queda livre, ele chegou a uma velocidade máxima de 988 km/h.