livros escolares passam a tablet-pc na Coreia do Sul


WEINBERG, Monica. (2004). Sete Lições da Coreia Para o Brasil – Equações na Mesa de Jantar. Veja. 16/02/2005

A Coreia do Sul espera substituir livros didácticos nas escolas por tablets.

Nos começos deste mês o governo sul coreano anunciou que vai investir mais de 2 mil milhões de dólares neste projecto. O objectivo é substituir totalmente os livros didácticos impressos  até 2015.

Em simultâneo a Coreia do Sul pretende criar um sistema para capaz de fornecer para download os livros escolares. Os alunos podem ter aulas online nos tablets que o governo reconhecerá como frequência escolar regular. Crianças doentes ou hospitalizadas por um longo período de tempo podem, também, acompanhar aulas e trabalhos escolares através do tablet.

Baseado em sistemas de cloud computing, o programa governamental passa também pela implementação de servidores e redes WiFi nas escolas, assim como pela disponibilização de tablets aos alunos oriundos de famílias com baixos rendimentos.


Via dailytech.com