Madeira: máximos de precipitação extrema


ver em YOUTUBE/geografismos: http://www.youtube.com/watch?v=2lM4-HpnLZY

Foram registados 132 mm em 12 horas (das 04h00 UTC às 16h00 UTC), sendo que o maior registo de precipitação em 1 hora foi de 52 mm observado entre as 09h00 UTC e as 10h00 UTC.
nota: o referencial é 1mm por metro quadrado que equivale a um litro em cada metro quadrado

Na origem do fenómeno esteve um sistema frontal de forte actividade associado a uma depressão que se deslocou a partir dos Açores, segundo o Instituto de Meteorologia.

O choque da massa de ar polar com a tropical deu origem a uma superfície frontal, que aliada à elevada temperatura da água do oceano acelerou a condensação, causando uma precipitação extremamente elevada num curto espaço de tempo.

A orografia da ilha contribuiu para aumentar os efeitos da catástrofe.

É possível que, aliado a valores de precipitação extremos, erros de planeamento urbanístico, tais como o estreitamento de leitos de cheia e construção dentro dos cursos de água, bem como falta de limpeza de lixo nos leitos de ribeiras de menor dimensão tenham tornado a situação ainda mais grave.

O INSTITUTO METEOROLÓGICO INFORMOU EM 2010-02-22:
"Um sistema frontal de forte actividade com uma depressão associada afectou o Arquipélago da Madeira, no passado dia 20 de Fevereiro. A massa de ar quente transportada na circulação deste sistema frontal, caracterizado por instabilidade e grande conteúdo de vapor de água originou, associado à orografia da ilha, forte precipitação.
O Centro de Previsão do IM procedeu à emissão de avisos meteorológicos relativos a esta situação, acompanhando-a em permanência.
Foram registados 132 mm em 12 horas (das 04h00 às 16h00), sendo que o maior registo de precipitação em 1 hora foi de 52 mm observado entre as 09h00 e as 10h00. Registaram-se ainda valores de 92 mm em 3 horas (das 09h00 às 11h00) e 117 mm em 6 horas (das 07h00 às 13h00).
O período de 1 de Outubro de 2009 a 22 de Fevereiro de 2010 caracterizou-se por valores de precipitação bastante altos, em particular nos meses de Dezembro e Fevereiro. A precipitação ocorrida em Fevereiro, até dia 22, de 426 mm corresponde a cerca de 70% do valor total anual médio."

VALORES MÁXIMOS DE PRECIPITAÇÃO EM PORTUGAL:

MADEIRA: Maior valor da precipitação em 24 h 277,0 mm Encumeada 9/12/1976 (Espera-se a confirmação oficial de 280 mm para 20/02/2010)
AÇORES: Maior valor da precipitação em 24 h 276,0 mm Furnas/S.Miguel 03/10/1974
CONTINENTE: Maior valor da precipitação em 24 h 274,7 mm Monchique, Algarve 26/10/1997

Fonte: www.meteo.pt/pt/media/noticias