Público - Geração lost?

Público - Quem disse que há aqui uma geração inteira à beira de se perder?

Curiosamente os trabalhos em Área de Estudo da Comunidade do Curso Profissional de Animação Sociocultural, dedicados à juventude e o primeiro emprego em Évora (módulo 6-7), encontraram «resignação»: poucas queixas e precariedade nos empregos que, por sua vez, se misturam indefinidamente com os estudos (secundário e universitário). Trata-se de «tentativas» de entrevistas (o nº de itens oscila entre os 30 e 40 itens) com as dificuldades próprias de uma disciplina de um curso profissional (mas num total de quase 400! entrevistas)

Ontem o debate continuou no Público. Juventude sem destino ou juventude sem tino? Mais uma «notícia» a usar na apresentação para breve dos trabalhos desta turma.