O meu maior inimigo

Nestes dias tenho um adversário difícil: O Tempo.
O tempo que passa e não o tempo "estado do tempo" - frio e chuvoso neste preciso instante, é certo.

Paradoxalmente, o Tempo é-me adverso porque me falta tempo. Ah! Os mil planos e posts por cumprir...

Como professor lamento a falta de tempo - numa semana surgem mil pequenos nadas, inúmeras disciplinas e níveis de ensino. E tudo ocupa tempo, sobretudo, quando é necessário imaginar (i.e., planear) aulas sedutoras para uma boa parte dos alunos que não quer saber do mundo do conhecimento, dos livros, ou, ainda pior, da escola...

Obviamente, todo e qualquer papel leva o seu Tempo; tempo para ler um papel e muito mais tempo para escrever num papel - e de papéis está a Escola cheia.

Alguma coisa vai mal comigo quando o Tempo (o Deus-Tempo) é um inimigo. Irei mudar.