Improvisei uma aula

Ontem fiquei aflito com uma aula de 150 minutos: sem sala de TIC, sem projector, a programação furada e, ainda por cima, não tinha as chaves da sala (da catacumba CN1) e o único funcionário com chaves só entraria ao serviço lá pelas três da tarde... Uff...

Antecipei a nossa visita à Biblioteca Pública de Évora (lá se furou as datas do calendário do post anterior...) e foi uma aula excelente... a maior parte dos meus alunos do 1AS converteu-se em leitor com cartão e tudo, disponíveis a umas boas requisições e dando, de algum modo, o nosso contributo para o Plano Nacional de Leitura ;