O professor corajoso




Tinha olhos e nome de rapina. Em mim, tudo nele inspirava um medo terrível. Talvez fosse o rigor do seu bigode enrolado à inglesa ou o brilho cintilante dos botões de punho, mas tremia ao ouvir o ranger dos seus sapatos percorrer a sala de aula.

Aos treze anos tudo é de vida ou morte. O temível professor de história tinha-nos na palma da mão e na ponta do taco de bilhar que esgrimia sobre as nossas cabeças. Imaginava o taco incendiar-se como um sabre laser e o espadachim ser dominado por uma pesada respiração. Sim, ele era o lado negro da Força.

CARRAPA, Daniel. (2007). "O professor corajoso". Consultado em 06-01-2007. No site
A barriga de um arquitecto. Website: http://abarrigadeumarquitecto.blogspot.com/2006/12/o-professor-corajoso.html

A memória. Esta evocação de Daniel Carrapa levou-me a rever um par de vezes o melhor filme do mundo - ARMACORD (recordar). O filme youtube é um excerto do Amarcord.