Escolas mais perigosas

2500 vítimas de crimes nas escolas. O balanço da segurança nas escolas é grave: existem armas, droga, prostituição e assaltos. [Existem] 300 polícias para 1.000.000 de alunos. Num estudo enviado para o MAI, a PSP revela números terríveis sobre o último ano lectivo:

Mais 44% de posse e consumo de droga
Mais 40% de roubos
Mais 40% de uso e porte de arma
Mais 30% de actos de vandalismo
Mais 24% de agressões sexuais
Mais 14% de ofensas sexuais

MARCELINO, Valentina. (08-12-2006) "A lista das escolas mais perigosas". Consultado em 08-12-2006. No site EXPRESSO.
Website: http://semanal.expresso.clix.pt/1caderno/default.asp?edition=1780



O Expresso, via PSP, fala daquela que deveria ser a prioridade das prioridades da educação nacional - a violência e a existência de vítimas. É a resposta certeira às conflituosas prioridades do ministério da educação, aquilo que os sindicatos há muito deveriam ter feito.