quarta-feira, 24 de junho de 2015

mapa proporcional das 23 principais línguas faladas em 2015




A WORLD OF LANGUAGE: 

Em 2015 existem 7 mil milhões d humanos que falam 7102 línguas diferentes. Mas cerca de 4.100.000.000 falam apenas 23 línguas. Alberto Lucas López desenhou o mapa proporcional destas 23 principais línguas faladas

Este mapa é uma representação visual de 23 línguas mais faladas no mundo e para qualquer uma delas existem mais de 50.000.000 de falantes.










Mapa proporcional das 23 línguas mais faladas no mundo: 

O número de pessoas que falam todas as línguas é representada proporcionalmente pela área ocupada no mapa, e subdividido pelos países em que se fala cada uma dessas línguas; neste caso o tamanho dos países é representado em tamanho proporcional.

O gráfico é fácil de ver que a China tem, de longe, a língua mais falada - embora o Manadarim seja uma «macrolanguage», uma vez que engloba diferentes idiomas e dialectos chineses.

Fonte:
A world of language de Alberto Lucas López

segunda-feira, 22 de junho de 2015

férias sem geografia








TERRITÓRIO E NOVO IMAGINÁRIO URBANO

Estamos de férias e vivemos tempos interessantes. Alguns procuram imaginar novos ícones; recriar novos modos de estar nesta vida, misturar o novo e o antigo, cruzar tecnologia e natureza.

domingo, 21 de junho de 2015

Solstício: o dia mais longo de 2015








Solstícios e Equinócios
entre 2002 e 2017
Data e hora TUC - Tempo Universal Coordenado
Ano Equinócio

Março
Solstício

Junho
Equinócio

Setembro
Solstício

Dezembro
Dia Hora Dia Hora Dia Hora Dia Hora
2002 20 19:16 21 13:24 23 04:55 22 01:14
2003 21 01:00 21 19:10 23 10:47 22 07:04
2004 20 06:49 21 00:57 22 16:30 21 12:42
2005 20 12:33 21 06:46 22 22:23 21 18:35
2006 20 18:26 21 12:26 23 04:03 22 00:22
2007 21 00:07 21 18:06 23 09:51 22 06:08
2008 20 05:48 20 23:59 22 15:44 21 12:04
2009 20 11:44 21 05:45 22 21:18 21 17:47
2010 20 17:32 21 11:28 23 03:09 21 23:38
2011 20 23:21 21 17:16 23 09:04 22 05:30
2012 20 05:14 20 23:09 22 14:49 21 11:11
2013 20 11:02 21 05:04 22 20:44 21 17:11
2014 20 16:57 21 10:51 23 02:29 21 23:03
2015 20 22:45 21 16:38 23 08:20 22 04:48
2016 20 04:30 20 22:34 22 14:21 21 10:44
2017 20 10:28 21 04:24 22 20:02 21 16:28












O solstício de Junho em diversos lugares: 


Latitude 66º 33’ Norte:  No Círculo Polar Ártico o único dia do ano em que o dia dura 24 horas ocorre em Junho (enquanto no Pólo Sul a noite dura 24 horas).

Latitude 23° 26' Norte:  No Trópico de Câncer o sol estará no seu zénite (na vertical) em Junho, será o dia mais longo do ano e inicia-se o Verão no hemisfério Norte (enquanto no Trópico de Capricórnio é o dia mais curto e inicia-se o Inverno).

Latitude 0º:  No equador a duração dos dias é fixa ao longo das estações do ano com 12 horas de luz e 12 horas de noite (ver cálculo da duração do dia para latitude de 0°). Desse modo os solstícios nessa linha não podem ser obtidos através de dias ou noites mais longas e somente podem ser observados através do dia em que o Sol atinge a menor elevação no meio-dia local, podendo o azimute dessa elevação do Sol estar orientada para o norte (soltício de verão no hemisfério norte) ou para o sul (soltício de verão no hemisfério sul). Na linha do equador não há como dizer se um solstício é de verão ou de inverno uma vez que demarcam a separação dos hemisférios norte e sul da Terra.

Latitude 23° 26' Sul:  No Trópico de Capricórnio o sol estará no seu zénite (na vertical) em Dezembro, será o dia mais longo do ano e inicia-se o Verão no hemisfério Sul (enquanto no Trópico de Câncer é o dia mais curto e inicia-se o Inverno).

Latitude 66º 33’ Sul:  No Círculo Polar Antártico o único dia do ano em que o dia dura 24 horas ocorre em Dezembro (enquanto no Pólo Norte a noite dura 24 horas).



quarta-feira, 3 de junho de 2015

o relevo terrestre mais significativo






MAPAR AS PRINCIPAIS CORDILHEIRAS DO MUNDO - 7º ANO DE GEOGRAFIA

África
01-Cordilheira do Atlas - 2500 km

América
02-Cordilheira dos Andes - 7000 km
03-Apalaches - 2414 km
04-Montanhas Rochosas - 4830 km

Ásia
05-Cordilheira do Cáucaso - 1200 km
06-Himalaia - 2400 km
07- Montes Urais - 2500 km

Europa
08-Alpes - 1200 km
09-Alpes Dináricos - 645 km
10-Balcãs - 530 km
11-Cárpatos - 1700 km
12-Pirenéus - 491 km

Oceania
13-Grande Cordilheira Divisória - 3500 km



sexta-feira, 29 de maio de 2015

o Pólo Norte da Lua










ESTA IMAGEM DA LUA QUE TEM 680 GIGAPIXEIS

Esta imagem é um mosaico de 10.581 imagens captadas pela Camera Narrow Angle (NAC) a bordo do Lunar Reconnaissance Orbiter (lroc.sese.asu.edu).
O mosaico cobre a região do Pólo Norte da Lua, a partir da Latitude dos 60° Norte até aos 90º Norte do pólo, e tem uma resolução de 2 metros por pixel. A parte do mosaico que contém dados de imagem ocupa 680,8 gigapixel e abrange uma área de 2.540.000 quilómetros quadrados.

As imagens individuais foram adquiridos ao longo de um período de quatro anos (2009-2014). Cada mosaico foi adquirido num +processo de colar de imagens com a mesma latitude e de uma vez a cada órbita de duas horas por mês.


O Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) é uma espaçonave com um sistema de três câmeras a bordo - duas câmeras de ângulo estreito (NACs) e que fornecem imagens na grandeza do metro e uma única Câmara Grande Angular (WAC) que fornece imagens de contexto multi-espectrais da superfície lunar.



domingo, 24 de maio de 2015

sistema solar em 3d para mexer e ver






Ver em tela gigante www.solarsystemscope.com


PARA ESTUDAR O SISTEMA SOLAR

Com as características dos planetas. Órbitas e movimentos aparentes.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

geografismos - a origem do actual "Geografia e ensino de Geografia"



Geografismos.com é dedicado à geografia e ao ensino de geografia. Com materiais feitos à medida das minhas aulas, complementa o Geografismos-Blog [link]


Filmes de ciência e Geografia:
O geografismos organizou playlists de filmes dedicados aos temas estudados nas aulas de geografia. Em geografia física ou geografia humana predominam os videos feitos por observadores locais e uns tantos filmes de índole mais didáctica. Incluímos entrevistas a celebrados cientistas mundiais. Ver a listagem de todos os filmes nas playlists do geografismos [link]


Geografia com mapas e imagens:
O ensino de geografia passa pela exploração didáctica do Google Earth.
O geografismos explora as imagens de satélite de excelente qualidade deste programa totalmente gratuito [link]
Orlando Ribeiro:
O site Orlando Ribeiro divulga algum doEspólio Científico do maior renovador da Geografia no Portugal do século XX. Trata-se de 8500 títulos e imensa informação biobibliográfica.

Coordenação da geógrafa Suzanne Daveau e fotografias de Duarte belo.
Em http://www.orlando-ribeiro.info/


Imagens de satélite:
As mais interessantes imagens do planeta terra que a internet oferece.
Viagens actualizadas por lugares e países de todo o mundo [link]



trabalhos cenográficos - A imagem principal desta página foi cedida porDomingos Gomes.
Excertos dos seus trabalhos em landart numa foto-reportagem [link]

Produção de Luís Palma de Jesus



Em 2004-2006 mantive um domínio .com e foi isto que aqui se vê.
Por graça tenho a sua recordação neste endereço: https://sites.google.com/site/geografismos/um

E, para o 2º blog do geografismos, já em 2004, encontrei agora este link: http://web.archive.org/web/20040505085631/http://www.geografismos.blogger.com.br e que tem, inclusive, os comentários dos alunos e os seus blogs - na altura, uma novidade !!

terça-feira, 28 de abril de 2015

Detroit - a cidade que faliu em 2013













UMA CIDADE INDUSTRIAL PERIGOSA, DECADENTE E FALIDA
Detroit é considerada uma das cidades mais violentas dos EUA: teve a maior taxa de homicídios (47 homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes) em 2006 nos EUA.
A cidade também sofre com a má distribuição de riqueza: 26,1% da sua população vive abaixo da linha de pobreza.


DETROIT FOI O MAIOR CENTRO MUNDIAL DA INDÚSTRIA AUTOMÓVEL
No Século XX tornou-se o maior centro mundial da indústria automobilística. Da década de 1950 até à actualidade, muitos habitantes (a maioria brancos) moveram-se de Detroit para fora da cidade, para subúrbios; fazendo com que a população afro-descendente da cidade subisse consideravelmente.

Na década de 1970, Detroit entrou em uma recessão económica, por causa da crescente concorrência de companhias japonesas produtoras de automóveis, fazendo com que a indústria automobilística norte-americana entrasse em dificuldades, atingindo especialmente Detroit e sua região metropolitana, por esta ser sede das principais companhias automobilísticas norte-americanas.


DETROIT É A MAIOR CIDADE DOS EUA A PEDIR FALÊNCIA
Em 18 de Julho de 2013 a cidade declarou bancarrota, tornando-se a maior cidade dos Estados Unidos a declarar bancarrota.
O valor da dívida, segundo o New York Times, não é consensual, variando as estimativas "entre os 18 mil milhões e os 20 mil milhões de dólares",


DETROIT E LISBOA
Entre 1976 e 2003 a cidade contou com uma linha de eléctricos históricos para fins turísticos; parte da frota era constituída por veículos maioritariamente oriundos de Lisboa.

Portugal vai perder 3.000.000 de habitantes até 2100 - gráfico interactivo do envelhecimento e pirâmides etárias de todo o mundo

Cliquem na Pirâmide



Cliquem na Pirâmide


Cliquem na Pirâmide







PORTUGAL A DESAPARECER - A REALIDADE JÁ É PIOR DO QUE EM 2010 SE ACREDITAVA SER O NOSSO FUTURO

A estimativa usa dados demográficos das Nações Unidas anteriores à crise financeira nacional e consequente intervenção do FMI em Portugal (em 06/Abril/2011 e foi a terceira vinda do FMI a Portugal).
Com a crise aconteceu a emigração massiva dos portugueses em idade activa e estancou a elevada entrada de imigrantes e que não influencia os valores mostrads neste gráfico

Nota:
A projecção não tem em conta a emigração imprevista mas, apenas, a evolução das taxas de natalidade e mortalidade (crescimento natural) usuais até 2010 (valores médios).
Em 2100, o futuro poderá ser ainda mais dramático.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Earth Viewer: uma APP para estudar Geografia e Geologia










EARTH VIEWER - APLICATIVO PARA IPAD OU TABLET ANDROID

O que os continentes e oceanos da Terra parecem com 250 milhões de anos, ou mesmo mil milhões de anos atrás? O que sabemos sobre o clima de volta quando o nosso planeta se formou?

EarthViewer é como uma máquina do tempo para explorar a história profunda da Terra. Baseado na mais recente pesquisa científica, permite-lhe percorrer os últimos 4,5 mil milhões ano com a ponta dos dedos.

Escolha um marco favorito, seja Greenland ou New York City, e veja como a sua posição muda ao longo do tempo, ou assista a um famoso fóssil como Tiktaalik fazer uma viagem incrível desde sua origem até seu local atual. Mude a Camada de sua visão e faça a mudança de continentes, com dados sobre a composição atmosférica, temperatura, a biodiversidade, a duração do dia, e a luminosidade solar, para obter uma visão mais completa do nosso planeta dinâmico.


EarthViewer características incluem:

• reconstruções Continental e acompanhamento de dados que remonta milhares de milhões de anos
• mapa temperatura Mundial para os últimos 100 anos
• Capacidade de manipular o mundo e zoom em qualquer local
• Localização das cidades modernas rastreados de volta sobre 500000000 anos
• Em profundidade dos recursos no major geológica e eventos biológicos na história da terra
• detalhes clicável de eras geológicas, as épocas, e períodos
• modos de reprodução automatizados
• extensa lista de referência
• sugestões para o uso em sala de aula
• vídeos tutoriais


O EarthViewer Android é suportado por 7 "e 10" apenas tablets. Usuários que desejam experimentá-lo em dispositivos menores (incluindo telefone) que executam a versão Android 4.0 ou mais recente pode instalar manualmente a aplicação do nosso site: http://www.hhmi.org/biointeractive/earthviewer .

DESCARREGAR GRATUITAMENTE EM:
https://play.google.com/store/apps/details?id=org.hhmi.earthviewer
https://itunes.apple.com/jo/app/earthviewer/id590208430