segunda-feira, 20 de junho de 2016

Solstício de Verão: o dia diurno mais longo e a noite mais curta de 2016








Solstícios e Equinócios
entre 2002 e 2017
Data e hora TUC - Tempo Universal Coordenado
Ano Equinócio

Março
Solstício

Junho
Equinócio

Setembro
Solstício

Dezembro
Dia Hora Dia Hora Dia Hora Dia Hora
2002 20 19:16 21 13:24 23 04:55 22 01:14
2003 21 01:00 21 19:10 23 10:47 22 07:04
2004 20 06:49 21 00:57 22 16:30 21 12:42
2005 20 12:33 21 06:46 22 22:23 21 18:35
2006 20 18:26 21 12:26 23 04:03 22 00:22
2007 21 00:07 21 18:06 23 09:51 22 06:08
2008 20 05:48 20 23:59 22 15:44 21 12:04
2009 20 11:44 21 05:45 22 21:18 21 17:47
2010 20 17:32 21 11:28 23 03:09 21 23:38
2011 20 23:21 21 17:16 23 09:04 22 05:30
2012 20 05:14 20 23:09 22 14:49 21 11:11
2013 20 11:02 21 05:04 22 20:44 21 17:11
2014 20 16:57 21 10:51 23 02:29 21 23:03
2015 20 22:45 21 16:38 23 08:20 22 04:48
2016 20 04:30 20 22:34 22 14:21 21 10:44
2017 20 10:28 21 04:24 22 20:02 21 16:28












O solstício de Junho: 

Solstício: ocorre duas vezes por ano quando a posição aparente do Sol no céu atinge seus extremos norte (Solstício de Verão, hoje) e sul (Solstício de Inverno, hoje).

Acontecem sempre nos meses de Dezembro e Junho (o dia e hora exatos variam de um ano para outro).

Solstício quando ocorre em Junho (começa o Verão!) significa que esse será o dia mais longo do ano. Quando o Solstício ocorre em Dezembro (começa o Inverno!) significa que esse será o dia mais curto do ano

Hoje, em Arraiolos, o dia solar vai ser longo: com o Nascer do Sol às 06h07 e o Pôr do Sol às 20h59.



nota:
Nas aulas de geografia usa-se dizer: «Solstício é o exacto momento em que o Sol, durante seu movimento aparente na esfera celeste, atinge a maior declinação em latitude».




O solstício de Junho em diversos lugares: 


Latitude 66º 33’ Norte:  No Círculo Polar Ártico o único dia do ano em que o dia dura 24 horas ocorre em Junho (enquanto no Pólo Sul a noite dura 24 horas).

Latitude 23° 26' Norte:  No Trópico de Câncer o sol estará no seu zénite (na vertical) em Junho, será o dia mais longo do ano e inicia-se o Verão no hemisfério Norte (enquanto no Trópico de Capricórnio é o dia mais curto e inicia-se o Inverno).

Latitude 0º:  No equador a duração dos dias é fixa ao longo das estações do ano com 12 horas de luz e 12 horas de noite (ver cálculo da duração do dia para latitude de 0°). Desse modo os solstícios nessa linha não podem ser obtidos através de dias ou noites mais longas e somente podem ser observados através do dia em que o Sol atinge a menor elevação no meio-dia local, podendo o azimute dessa elevação do Sol estar orientada para o norte (soltício de verão no hemisfério norte) ou para o sul (soltício de verão no hemisfério sul). Na linha do equador não há como dizer se um solstício é de verão ou de inverno uma vez que demarcam a separação dos hemisférios norte e sul da Terra.

Latitude 23° 26' Sul:  No Trópico de Capricórnio o sol estará no seu zénite (na vertical) em Dezembro, será o dia mais longo do ano e inicia-se o Verão no hemisfério Sul (enquanto no Trópico de Câncer é o dia mais curto e inicia-se o Inverno).

Latitude 66º 33’ Sul:  No Círculo Polar Antártico o único dia do ano em que o dia dura 24 horas ocorre em Dezembro (enquanto no Pólo Norte a noite dura 24 horas).



sexta-feira, 10 de junho de 2016

o maior espelho do mundo é um gigantesco deserto de sal














O DESERTO SALAR DE UYUNI NA BOLÍVIA 

Este deserto é o espelho do céu: "Salar de Uyuni", a maior planície salgada do mundo Devido ao seu grande tamanho, superfície lisa, alta refletividade da superfície quando cobertas com águas rasas e desvio elevação mínima, Salar de Uyuni torna um alvo ideal para o teste e calibração instrumentos de sensoriamento remoto em órbita satélites usados ​​para estudar a Terra. Além de proporcionar uma superfície alvo excelente céus acima Salar de Uyuni são tão claras, eo ar tão seco, que a pavimentação de até cinco vezes melhor para a calibração de satélite do que usar a superfície do oceano.



MAIOR DESERTO DE SAL DO MUNDO 

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo. Está localizado no departamento de Potosí e no departamento de Oruro, no sudoeste da Bolívia, no altiplano andino, a 3.650m de altitude.

Há cerca de 40 mil anos a área do atual deserto de sal fazia parte do lago Michin, um gigantesco lago pré-histórico. Quando o lago secou, deixou como remanescentes os atuais lagos Poopó e Uru Uru, e dois grandes desertos salgados, Coipasa (o menor) e o extenso Uyuni. O Salar de Uyuni tem aproximadamente 10582 km² de área,1 ou seja, é maior que o lago Titicaca, situado na fronteira Bolívia-Peru e que apresenta aproximadamente 8300 km².

Estima-se que o Salar de Uyuni contenha 10 mil milhões de toneladas de sal, das quais menos de 25 mil toneladas são extraídas anualmente. Além da extração de sal, o deserto de sal também é um importante destino turístico. Seus principais pontos de visitação são o hotel de sal, desativado, e a Ilha do Pescado, com suas formações de recife e os cactos de até 10 metros de altura.

O deserto de sal é composto por aproximadamente 11 camadas com espessuras que variam entre 2 e 10 metros, sendo a mais externa de 10 metros. A profundidade total é estimada em 120 metros e é composta de uma mistura de salmoura e barro lacustre. O deserto de sal é também uma das maiores reservas de lítio do mundo, além de conter importantes quantidades de potássio, boro e magnésio.

Além do deserto de sal, da ilha do Pescado e das lagoas coloridas, onde se vê os flamingos, é possível num mesmo percurso conhecer lagoas de águas termais, sendo uma delas formada de piscinas e a outra natural. Também existem gêiseres que exalam vapor a uma temperatura de 38°C, a mesma temperatura da água.
Outro local interessante é um cemitério com ossadas de antigos moradores da região.



A ORIGEM DO SAL 

A origem do sal provavelmente está relacionada com a imensa quantidade de vulcões na envolvente do Salar de Uyuni já que situa-se sobre uma região de altiplano, 3650 metros acima do nível do mar. A concentração do sal é também facilitada pelo fato de ser uma região muito árida.

terça-feira, 7 de junho de 2016

um trabalho de pesquisa inspirador com o Google Earth no sétimo ano de Geografia




























UM TRABALHO DE PESQUISA SOBRE O RELEVO E BACIAS HIDROGRÁFICAS - NA VISITA DE ESTUDO À SERRA DE AIRE E CANDEEIROS EM 2016

Das alunas Joana e Sara do 7A na Escola Cunha Rivara em Arraiolos.

Para além das regras de como fazer um trabalho, os alunos precisam de situações reais.
Apesar das adversidades materiais e logísticas da sala de aula, e, de calendário, à última hora, os alunos do 7A e 7B conseguiram excelentes resultados - fica aqui a ilustração.
Irei usar este exemplo com as próximas turmas de sétimo ano. Um obrigado à Joana e Sara.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

o deserto a voar sobre o oceano





AREIAS ATRAVESSAM O OCEANO ATLÂNTICO

Em 2013 satélites do NOAA detectaram uma nuvem de poeira movendo-se no litoral do norte de África. Apesar de bastante comum, esta pluma especial, também chamada "Camada de Ar Subsariana", tem uma área relativamente restrita de alta concentração.

Nesta animação usa-se uma versão recentemente melhorada do modelo de aerossol NOAA-NGAC para mostrar a previsão do percurso da referida pluma ao longo de toda a Bacia do Atlântico nos quatro dias seguintes.


AREIAS E FURACÕES

A "Camada de Ar Sáariana" desempenha um papel importante na redução "ciclogénese," ou a formação de furacões no Atlântico Ocidental (EUA-Caraíbas).

terça-feira, 17 de maio de 2016

2084 é a metáfora sobre o mais absoluto totalitarismo político e religioso alguma vez concebido


Cliquem na imagem para ler excerto do livro em PDF


A TRADUÇÃO QUE FALTAVA DO MELHOR LIVRO DO ANO - PRÉMIO GALLIMARD 2015   

Boualem Sansal é pouco conhecido nos países de língua portuguesa porque convenientemente obliterado. Aqui, em Portugal o silêncio foi total apesar de ser um prémio Gallimard (um prémio sempre tão comentado noutras edições...). Durante um ano faltou coragem para traduzir este livro, finalmente temos agora a edição da Quetzal por 17 euros.



A GÉNESE DE 2084    

Boualem Sansal viu chegar os islamistas (actualmente designados por "Radicais Islâmicos") ao seu país, na década de 80 - com a América a aplaudi-los, porque eles enfraqueciam o poder da FLN, que ainda tinha, embora tensas, relações com a França (e, como sempre, os americanos a aproveitar para afastar as antigas potências coloniais, apesar de aliadas).

Em França, e nas ditas «sociedades democráticas», todos rejubilaram, nesses anos, com as vitórias eleitorais dos radicais islâmicos. A História, nesses dias de pré-Primavera, só não se adiantou 20 anos, com os desastres das primaveras árabes, porque os militares argelinos e a sociedade civil, sobretudo mulheres, não aceitaram ser degolados.


sexta-feira, 13 de maio de 2016

exemplo de capa de um trabalho escolar



COMO FAZER UMA CAPA DE UM TRABALHO ESCOLAR   

nota: Usar uma imagem na capa de um trabalho não é obrigatório. Aliás, mais vale não a incluir porque, por norma, é sempre algo demagógico e nada pertinente.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

o subdomínio "Riscos mistos" no nono ano de Geografia - o caso do acidente nuclear de Chernobyl
















O DESASTRE NUCLEAR DE CHERNOBYL NA ANTIGA URSS    


Ocorreu em 26 de abril de 1986 na central Nuclear de Chernobyl - na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Com a explosão do reactor foram lançadas grandes quantidades de partículas radioativas na atmosfera, que se espalhou por boa parte da União Soviética e Europa.

O desastre é o pior acidente nuclear da história e é um dos dois únicos classificados como um evento de nível 7 (classificação máxima) na Escala Internacional de Acidentes Nucleares (sendo o outro o Acidente nuclear de Fukushima I, no Japão, em 2011).

Para conter a contaminação radioativa e evitar uma catástrofe maior foram requisitados mais de 500 mil trabalhadores. Durante o acidente 31 pessoas morreram imediatamente. Efeitos a longo prazo como cancro e deformidades genéticas continuam a manifestar-se.


quinta-feira, 7 de abril de 2016

transitar no secundário - recado para o 10ºB


critérios de avaliação do Trabalho de Pesquisa do 7º ano de geografia



MAPA DO "PARQUE NATURAL DAS SERRAS DE AIRE E CANDEEIROS":    

Procedimentos do Trabalho de Pesquisa em Geografia e Ciências Naturais











Nota: 3 filmes dedicados à Serra de Aire e Candeeiros que visitamos em Abril de 2012 com alunos do oitavo ano da Escola Secundária do Pragal em Almada. Este ano o pessoal de Arraiolos fez também aqui a sua Visita de Estudo. Também, vale a pena pesquisar na wikipedia: parque natural de serra aire e candeeiros.


Serra de Aire e Candeeiros – Formas de relevo e a dinâmica das bacias hidrográficas  

A grelha de avaliação deste trabalho está no post seguinte. Ambos os documentos foram entregues em formato de papel a todos os alunos.

terça-feira, 5 de abril de 2016

hipsometria e as principais montanhas de Portugal




As principais cadeias montanhosas de Portugal continental e ilhas

21 Sistemas Montanhoso em Portugal Continental
27 Sistemas Montanhoso na Região Autónoma dos Açores
18 Sistemas Montanhoso na Região Autónoma da Madeira


Nota:
Hipsometria é uma técnica de "representação de um terreno" (topografia) através de cores. As cores utilizadas possuem uma equivalência com a cota do terreno (altitude).

domingo, 3 de abril de 2016

áreas protegidas em Portugal em 2016




Áreas Protegidas classificadas pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF):

Descubra a localização e as características de cada uma das Áreas Classificadas através deste mapa sobre o globo virtual do Google Earth.

O mapa pode ainda ser descarregado no sítio de Internet oficial do livro em www.estudaeaprende.pt ou a partir do link: https://www.dropbox.com/zip



Portugal - areas protegidas.svg
Peneda-Gerês
Corno do Bico Montesinho
Lagoa de Bertiandos e São Pedro de Arco Albufeira de Azibo
Litoral norte Alvão
Dunas de São Jacinto Douro Internacional
Paul de Arzila
Montes de Santa Olaia e Ferrestelo Serra da Estrela
Serras de Aire e Candeeiros Serra da Malcata
Monte de São Bartolomeu Serra do Açor
Berlengas Tejo internacional
Serra de Montejunto Pegadas de Dinossauros
C. Lapiaz da Granja dos Serrões Paul do Boquilobo
Granja dos Serrões e Negrais Serra de São Mamede
Açude da Agolada
Sintra-Cascais Centro Histórico de Coruche
Carenque Açude do Monte da Barca
Arriba Fóssil da C. Caparica Estuário do Tejo
Pedreira do Avelino Estuário do Sado
Lagosteiros Lagoa de St. André e Sancha
Pedra da Mua Vale do Guadiana
Gruta do Zambujal Fonte Benémola
Arrábida S.C.Marim-V.R.S. António
Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina Ria Formosa
Rocha da Pena e Fonte Benémola



O QUE É UMA ÁREA PROTEGIDA?  

Território onde qualquer intervenção humana está condicionada e sujeita a regulamentos adequados à sua protecção ambiental ou patrimonial.

quinta-feira, 24 de março de 2016

quarta-feira, 23 de março de 2016

54,95 milhões de deslocados em 2014 segundo a United Nations High Commissioner for Refugees









MAPA INTERACTIVO - DE 1951 A 2016 A POPULAÇÃO DESLOCADA TORNOU-SE NUMA QUESTÃO DE GEOPOLÍTICA

o Inverno não abrandou a entrada de requerentes do estatuto de refugiado na União Europeia













DECLARAÇÃO DE MELISSA FLEMING - PORTA VOZ DA ACNUR [Agência da ONU para os Refugiados]:

Conferência de imprensa, em 22 de Março de 2016, no Palais des Nations em Genebra.
"No domingo passado, as disposições acordadas entre a UE e da Turquia para deter a chegada em grande escala de refugiados e migrantes para a Grécia e para além dela para a Europa entrou em vigor.

No próximo sábado, as autoridades gregas acelerarão a transferência para o continente de um número estimado de 8.000 refugiados e migrantes que chegaram nas ilhas antes do dia 20 de março. Serão separados de pessoas chegadas após essa data e que estarão sujeitas à nova política de retorno.

As chegadas a Lesvos, até agora, continuam. A contar desta manhã 934 pessoas haviam chegado desde domingo passado. Serão mantidas num recinto fechado e temporário em Moria no leste da ilha. As 880 pessoas restantes que chegaram antes de domingo estão sendo hospedados cerca de um quilómetro de distância do centro de Kara Tepe que é administrado pela prefeitura local e continua a ser uma instalação aberta.

A ACNUR tem até agora vindo a apoiar as autoridades dos chamados "hotspots" nas ilhas gregas, onde os refugiados e migrantes foram recebidas, atendidos e registados. De acordo com as novas disposições, esses sítios passarão a ser centros de detenção".


Nota:
Para o mapa interactivo dos 366 dias de 2016 podem ver em http://data.unhcr.org/medportalviz/dist/index.html?year=2015

sexta-feira, 11 de março de 2016

a maré alta mais alta do mundo


Imagens da região próxima da Baía de Fundy


Filmado na Baía de Fundy, Canadá.


Filmado na Baía de Fundy, Canadá.



A maior amplitude entre marés, na Baía de Fundy, atinge os 15 metros.



O que são as «Marés do Século»:  

Acontecem quando a Lua está muito perto da Terra e alinhada com o Sol, a força gravítica acaba por influenciar as marés, provocando marés mais altas e mais baixas, com maiores amplitudes entre elas. Em 2015 ocorreram entre 15 e 23 de Março devido à influência do Eclipse solar de 20 de Março.

Onde costumam acontecer coma maior intensidade:

Nas zonas costeiras do norte de França para assistir à esperada “maré do século”. O fenómeno está também a ser observado no Reino Unido, no Canadá (onde a amplitude das marés poderá atingir os 16 metros na Baía de Fundy) e no norte da Austrália. Naturalmente, estes são os locais onde acontecem as marés normais com maior amplitude (diferença entre maré alta e maré baixa).

Quando costumam acontecer as «Marés do Século»: 

O fenómeno repete-se a cada 18 anos e a última “maré do século” tinha ocorrido em março de 1997, pelo que esta é a mais elevada maré registada no século XXI. A próxima supermaré poderá ser vista em 2033.

quarta-feira, 9 de março de 2016

no centro no mundo, nos mares da mítica Atlântida


Azores islands (Pico, Sao Miguel, Sao Jorge)

The Azores Islands are a small archipelago of nine islands off the coast of Portugal. Verdant and lush, the Azores offer many beautiful sites to see and interesting places to visit like the sapphire blue and emerald green lakes, fertile prairies, volcanic cones and craters, colorful hydrangeas and azaleas, 15th century churches, and majestic manor houses.

This islands are so beautiful, so wild and so unique in the world, it was a wonderfull experience and 2 weeks was definitely not enough to see all.

This video is a way to give you a short view on what you could see in the Azores islands.

Detroit - a cidade que inventou a indústria automóvel e faliu em 2013













UMA CIDADE INDUSTRIAL PERIGOSA, DECADENTE E FALIDA
Detroit é considerada uma das cidades mais violentas dos EUA: teve a maior taxa de homicídios (47 homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes) em 2006 nos EUA.
A cidade também sofre com a má distribuição de riqueza: 26,1% da sua população vive abaixo da linha de pobreza.


DETROIT FOI O MAIOR CENTRO MUNDIAL DA INDÚSTRIA AUTOMÓVEL
No Século XX tornou-se o maior centro mundial da indústria automobilística. Da década de 1950 até à actualidade, muitos habitantes (a maioria brancos) moveram-se de Detroit para fora da cidade, para subúrbios; fazendo com que a população afro-descendente da cidade subisse consideravelmente.

Na década de 1970, Detroit entrou em uma recessão económica, por causa da crescente concorrência de companhias japonesas produtoras de automóveis, fazendo com que a indústria automobilística norte-americana entrasse em dificuldades, atingindo especialmente Detroit e sua região metropolitana, por esta ser sede das principais companhias automobilísticas norte-americanas.


DETROIT É A MAIOR CIDADE DOS EUA A PEDIR FALÊNCIA
Em 18 de Julho de 2013 a cidade declarou bancarrota, tornando-se a maior cidade dos Estados Unidos a declarar bancarrota.
O valor da dívida, segundo o New York Times, não é consensual, variando as estimativas "entre os 18 mil milhões e os 20 mil milhões de dólares",


DETROIT E LISBOA
Entre 1976 e 2003 a cidade contou com uma linha de eléctricos históricos para fins turísticos; parte da frota era constituída por veículos maioritariamente oriundos de Lisboa.